Região de Rondonópolis registrou queda nas contratações de dezembro, mostra novo Caged

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Região de Rondonópolis registrou queda nas contratações de dezembro, mostra novo Caged

No período, Rondonópolis, Primavera do Leste e Campo Verde foram os municípios que mais admitiram e demitiram

Compartilhe:

Em dezembro de 2023, a região de Rondonópolis registrou uma queda nas contratações, de acordo com dados no novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência. 

Os dados mostram que houve 6.640 admissões e 9.306 demissões, resultando em um saldo negativo de 2.666 empregos formais ao final do período e uma diferença negativa de 28,65%. A região registrou no mês anterior (novembro) 7.419 contratações, 8.913 demissões e saldo negativo de 1.494 empregos formais. 

As cidades com maior número de contratações foram Rondonópolis (3.305), Primavera do Leste (1.247) e Campo Verde (528). Os três municípios também foram os que mais demitiram, com 4.425, 1.873 e 993 demissões, respectivamente.

Dos contratados no período, 63,52% eram homens e 36,48% mulheres, a maior parte (52,64%) tinha ensino médio completo e idades entre 18 e 24 anos (29,50%). O setor que mais contratou foi o comércio.

Os municípios da região incluem: Alto Araguaia, Alto Garças, Alto Taquari, Campo Verde, Dom Aquino, Gaúcha do Norte, Guiratinga, Itiquira, Jaciara, Juscimeira, Paranatinga, Pedra Preta, Poxoréu, Primavera do Leste, Rondonópolis, Santo Antônio do Leste, São José do Povo, São Pedro da Cipa e Tesouro.

Trabalho temporário

Em dezembro, o Brasil registrou 83.432 admissões de trabalhadores temporários. Regiane Barbosa, gerente regional da Employer Recursos Humanos de Rondonópolis, explica que a região conta com diversas oportunidades para trabalhadores interessados em ingressar no mercado de trabalho como temporário.

“Após o aquecimento do mercado em decorrência das festas de fim de ano, as contratações serão retomadas com o início das safras agrícolas nas regiões do país. Na região de Rondonópolis, por exemplo, a expectativa é de que, pelo menos, 60 profissionais sejam contratados para atender a safra agícola”, diz.

Os profissionais em busca de oportunidade podem conferir as vagas disponíveis na região e cadastrar o currículo no Banco Nacional de Empregos, BNE – https://www.bne.com.br/vagas-de-emprego-em-rondonopolis-mt .  A Employer Recursos Humanos em Rondonópolis está localizada na Av. Frei Servacio, nº 637 – Santa Cruz, próximo a Igreja Santa Cruz. 

Informações sobre os serviços prestados estão disponíveis no site da regional https://employer.com.br/rondonopolis/ ou podem ser obtidas pelo telefone (66) 9 9901 – 6774 ou (66) 3421 – 6377.

Direitos do Trabalhador Temporário   

Na modalidade temporária, o trabalhador tem anotação em carteira e os direitos assegurados pela legislação 6.019/1974. Dentre os direitos, estão inclusos pagamento de horas extras, descanso semanal remunerado, 13o salário e férias proporcionais ao período trabalhado. Ele recebe 8% dos seus proventos a título de FGTS e o período como temporário conta como contribuição para a aposentadoria.    

Vale ressaltar que na legislação, o trabalhador temporário pode ser contratado por até 180 dias, com a possibilidade de prorrogação por mais até 90 dias. A efetivação pode acontecer a qualquer momento desse período. Junto à Previdência, o trabalhador temporário também tem todos os direitos garantidos, desde que se respeite a carência mínima exigida para o pagamento dos benefícios.    

Sobre a Employer Recursos Humanos   

Uma das maiores empresas de RH do país, a Employer é especialista em tecnologias para Recursos Humanos, com soluções web como folha de pagamento online, ponto eletrônico e sistema de holerite online. Com 40 filiais distribuídas estrategicamente pelo Brasil, a Employer tem em seu portfólio grandes e importantes companhias nacionais e internacionais, que buscam soluções eficientes, capazes de simplificar as rotinas do RH. 

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp