Mapa integra mesa de debates sobre os resultados do 5º Inventário Nacional de Gases do Efeito Estufa

Picture of Mapa

Mapa

Mapa integra mesa de debates sobre os resultados do 5º Inventário Nacional de Gases do Efeito Estufa

Evento propôs o diálogo acerca de metodologias de mensuração de carbono no solo, monitoramento de áreas e ações de redução das emissões de GEE

Compartilhe:

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), representado pela secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo, Renata Miranda, participou do debate sobre o 5º Inventário Nacional de Gases do Efeito Estufa, promovido pelo Comitê de Sustentabilidade da Sociedade Rural Brasileira (SRB), na última quinta-feira (11).  

O evento, em formato híbrido, foi realizado presencialmente na sede da instituição, localizada em São Paulo, e transmitido ao vivo. O objetivo foi abordar metodologias de mensuração de carbono no solo, o monitoramento de áreas e, principalmente, ações de redução das emissões. Participaram representantes governamentais, autoridades acadêmicas e demais interessados. 

Em sua explanação, Renata Miranda ressaltou que o Inventário é um instrumento de monitoramento e comunicação que reflete os resultados da estratégia climática nacional e o alcance dos seus compromissos internacionais. “É fundamental que estas conexões sejam bem compreendidas por atores do governo, academia e setor privado, em especial considerando que a agenda climática se insere no contexto mais amplo da estratégia definida para o desenvolvimento do país. Além disso, existem lacunas de dados que precisarão ser endereçadas nas próximas edições do Inventário para que as ações de mitigação de emissões de GEE na agropecuária brasileira, como aquelas promovidas pelo Plano ABC/ABC+, possam ser adequadamente reportadas”, explicou.  

Segundo ela, um exemplo são as remoções de GEE geradas pela fixação de carbono no solo, promovida pelo uso de sistemas de plantio direto, sistemas integrados e recuperação de pastagens degradas. Na oportunidade, Renata destacou a importância da atuação conjunta na elaboração de soluções. “O Ministério da Agricultura é um ambiente institucional que comunica o avanço que temos conquistado e o que ainda vamos conseguir. Desta forma, coloco o Mapa absolutamente à disposição para que possamos fazer desses grupos de trabalho aqui presentes, ambientes de insumos que negociem as melhores estratégias de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável brasileiro”, finalizou a secretária. 

O Comitê de Sustentabilidade da SRB é coordenado pelo vice-presidente da instituição, João Francisco Adrien, e pela representante do Conselho Superior do Agronegócio, Maressa Vilela Bettencourt, que mediaram as discussões. Já os palestrantes presentes apresentaram a necessidade de o país possuir dados mais robustos e qualificados, além do estabelecimento de um diálogo estratégico para que a posição brasileira seja melhor estruturada quanto às questões de sustentabilidade e mudanças climáticas.  

Participaram como palestrantes o chefe interino de Ação Climática do Ministério das Relações Exteriores, Bruno Arruda; o secretário de Controle de Desmatamento do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, André Lima; o superintendente do Inventário Nacional do Ministério da Ciência e Tecnologia, Régis Rathmann; o professor adjunto do Instituto Federal de Alagoas, Stoécio Maia; o coordenador do Centro de Estudos do Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas, Guilherme Bastos; o diretor de Pesquisa e Inovação da Embrapa, Clenio Naito Pillon; e o coordenador do Centro de Estudos de Carbono em Agricultura Tropical, Carlos Cerri.  

O Inventário 

O Inventário Nacional de Gases do Efeito Estufa é um mecanismo de transparência e seus resultados permitem subsidiar planos de ação para redução das emissões. Os resultados apresentados pela ferramenta compõem a base de dados oficial do Brasil sobre o tema. 

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp