Eduardo Sterblitch diz ter vergonha de ‘crimes’ que cometeu no início da carreira

Picture of Quem Online

Quem Online

Freddy Mercury Prateado no 'Pânico' — Foto: Reprodução/RedeTV

Eduardo Sterblitch diz ter vergonha de ‘crimes’ que cometeu no início da carreira

O ator e humorista, que começou a carreira na televisão no programa de humor, disse que não tinha nenhuma responsabilidade social

Compartilhe:

Eduardo Sterblitch, de 36 anos, relembrou o início de sua carreira na televisão em entrevista à Veja e afirmou que tem vergonha de sua passagem pelo Pânico na TV, humorístico que começou na RedeTV e que, anos depois, migrou para a Band. Para ele, o programa que lhe tornou famoso passava do ponto nas brincadeiras que fazia e acabava faltando com o respeito a muitas pessoas.

“Eu tenho vergonha dos crimes que provavelmente cometi ali dentro. Era um outro mundo. Tenho vergonha da minha ignorância artística. Era moleque”, lamentou.

Eduardo Sterblitch no 'Pânico na TV' — Foto: Reprodução: Band
Eduardo Sterblitch no ‘Pânico na TV’ — Foto: Reprodução: Band

“Entrei no Pânico com 17 anos, não tinha nenhuma responsabilidade social, do que representava, da minha responsabilidade enquanto artista. Era muito mais egoísta, muito fascista nesse lugar, como uma pessoa jovem”, contou ele.

Ainda segundo Sterblitch, só a maturidade lhe fez enxergar o quão problemáticas eram suas atitudes na época. “Fui aprendendo com a vida adulta, não só com o mundo mudando. Piadas homofóbicas, racistas, misóginas, que a gente não percebia”.

Freddy Mercury Prateado no 'Pânico' — Foto: Reprodução: Rede TV
Freddy Mercury Prateado no ‘Pânico’ — Foto: Reprodução: Rede TV

Para o artista, a pior parte é saber que existem fãs que podem ter sofrido com as ‘brincadeiras’ que ele fazia. “Não sei o que gerei de dor, às vezes tem uma piada que ninguém nem lembra que fiz, mas que pode ter machucado alguém. Desculpa”, disse com pesar.

Por fim, Eduardo refletiu sobre o real objetivo do humor. “A gente não está aqui para isso, mas sim para provocar, divertir, às vezes até mesmo insultar, mas sempre tudo no divino, no artístico”, explicou.

Durante os sete anos em que trabalhou no Pânico na TV, Eduardo Sterblitch interpretou personagens de sucesso, como Freddy Mercury Prateado.

Por outro lado, ele também se envolveu em polêmicas, como por exemplo quando foi acusado de racismo, ao representar com o recurso do blackface um africano numa paródia do MasterChef.

Eduardo Sterblitch no 'Pânico na TV' — Foto: Reprodução: Band
Eduardo Sterblitch no ‘Pânico na TV’ — Foto: Reprodução: Band

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp