“Vou dormir sossegado por saber que a casa é minha”, afirma morador que recebeu escritura de imóvel onde vive há 42 anos

Secom-MT

Secom-MT

Ailton Machado recebeu documento definitivo de posse de casa onde mora desde 1981, em Cuiabá Crédito - Michel Alvim/Secom-MT

“Vou dormir sossegado por saber que a casa é minha”, afirma morador que recebeu escritura de imóvel onde vive há 42 anos

Ailton Machado, de 68 anos, é um dos 17 mil beneficiados com a regularização feita pelo Governo de MT

Uma das 17 mil famílias contempladas com escrituras definitivas de imóveis entregues pelo Governo de Mato Grosso, desde 2019, é a do aposentado Ailton Machado, de 68 anos, que mora no Bairro CPA III, em Cuiabá. A espera dos moradores pelo documento que dá a segurança do direito de posse terminou após mais de 40 anos. 

“Agora essa espera terminou e hoje estamos realmente realizados. Vou dormir sossegado por saber que a casa é minha”, afirmou Ailton, ao receber do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) o título de posse definitiva do imóvel onde vive desde 1981, na segunda-feira (26.02).


Ailton mora no Bairro CPA 3, com a esposa – Foto: Michel Alvim/ Secom-MT

Hoje, ele mora na casa com a esposa, Adejair Arsenia da Silva. 

Em Cuiabá, já foram entregues 3 mil títulos em 14 bairros, nos últimos cinco anos. 

“Com esse documento, nós oferecemos às famílias a segurança jurídica, dignidade, porque o morador pode ir a um banco requisitar recursos, pode fazer o que quiser com o imóvel”, afirmou o presidente do Intermat, Francisco Serafim. 

Estado de MT realiza maior programa de regularização fundiária da história
Créditos: Michel Alvim – SECOM / MT
Só em Cuiabá foram 3 mil escrituras entregues – Foto: Michel Alvim/ Secom-MT

Ao todo, o Governo do Estado entregou mais de 17 mil escrituras, com investimento de R$ 68 milhões em regularização fundiária. Somente em 2023 foram entregues 5.812 títulos definitivos em 15 municípios mato-grossenses. 

A agilidade nas regularizações também é fruto de uma parceria realizada em 2023 entre o Governo e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). O Termo de Cooperação Técnica tem o objetivo de concretizar as ações para que os moradores recebessem os títulos devidamente reconhecidos em cartórios.

A meta é entregar outras 20 mil escrituras até 2026.

+ Acessados

Veja Também