Vereador Guinancio coloca nome como pré-candidato ao senado

Vereador diz que população precisa ficar de olho nas obras da cidade
Guinancio foi o único vereador de Rondonópolis que abriu mão da verba indenizatória



O vereador rondonopolitano Carlos Guinancio, o subtenente Guinancio, vai colocar o nome à disposição do PSDB para ser candidato nas eleições suplementares para o cargo de senador que deve ocorrer no ano que vem, mas ainda se data definida para ocorrer.

As eleições suplementares vão ocorrer em razão da cassação da senadora Selma Arruda (Podemos) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última terça-feira (10). Na decisão, além da cassação de Selma a Justiça Eleitoral define eleições suplementares que deverão ocorrer 90 dias após a publicação da decisão, que ainda não foi feita.

Guinancio anunciou a intenção de colocar o nome à disputa na sessão de ontem (11) da Câmara de Vereadores. No entanto, ele reconheceu que terá dificuldades para emplacar o nome dele dentro do partido na esfera estadual.

O PSDB tem ainda os nomes do ex-deputado federal Nilson Leitão e do ex-governador Pedro Taques como possíveis candidatos, além de Guinancio.

O vereador, por outro lado, aposta na forma em que tem conduzido o seu primeiro mandado na Câmara para convencer o partido e os eleitores sobre o seu nome. Guinancio foi o único vereador da atual legislatura de Rondonópolis, que desde o primeiro dia do atual mandado, abriu mão de receber a verba indenizatória no valor de R$ 10 mil.

Leia mais:

Guinancio alerta Pátio sobre “assessores” que tiram apoio