Prefeito de Rondonópolis assina termo para implementação dos “Círculos de Construção de Paz” nas escolas do município

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Foto: Antônio Carmello/Gcom

Prefeito de Rondonópolis assina termo para implementação dos “Círculos de Construção de Paz” nas escolas do município

Compartilhe:

O prefeito José Carlos do Pátio assinou o Termo de Cooperação Técnica com o Poder Judiciário para implantação do Programa Municipal de Construção de Paz nas Escolas Municipais de Rondonópolis durante entrega dos certificados aos professores que vão atuar como mediadores de conflitos no ambiente escolar. O evento aconteceu nesta segunda-feira (02) no Fórum de Rondonópolis. 

O compromisso do município em proporcionar um ambiente seguro para os alunos foi destacado pelo prefeito José Carlos do Pátio: “Criamos uma segurança maior nas escolas. Além de formar esses facilitadores, também estamos implementando medidas de segurança, como concertinas, cercas elétricas, sensores e câmeras, para garantir um ambiente de aprendizado seguro.”  

O coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e juiz da 1ª Vara de Família e Sucessões de Rondonópolis, Wanderlei José dos Reis, ressaltou a importância deste acordo: “Hoje estamos assinando um termo de cooperação entre a presidência do tribunal, a prefeitura municipal e o Cejusc local para levar a justiça restaurativa às escolas do município. Recentemente, uma lei municipal foi aprovada, instituindo essa política pública nas escolas municipais. Agora, com a assinatura deste termo, iniciaremos a capacitação de facilitadores para atuarem nas escolas da rede municipal”.

A entrega dos certificados aos 67 facilitadores que vão atuar na rede estadual foi realizada pela presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Clarice Claudino da Silva e na sequência foi ministrada uma palestra com o tema “Valores e princípios da justiça restaurativa nas políticas públicas”. 

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp