Município implanta política pública pela paz em parceira com o Judiciário

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Foto: Wheverton Barros/Gcom

Município implanta política pública pela paz em parceira com o Judiciário

Compartilhe:

O prefeito José Carlos do Pátio sancionou na tarde de hoje (24) a Lei que possibilita o Poder Judiciário a participar efetivamente na intermediação de conflitos nas escolas da Rede Municipal, através do Programa Municipal de Práticas de Construção de Paz nas Escolas. A iniciativa prevê a capacitação de profissionais voluntários para agir quando houverem conflitos, discriminação racial, bullying ou qualquer tipo de violência. 

Depois deste ato, está prevista a celebração de um convênio entre Prefeitura e Judiciário para começarem as capacitações com os profissionais que irão trabalhar diretamente com os alunos nas escolas. A estimativa que a primeira turma de profissionais seja formada ainda neste ano. 

Para o coordenador do Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania) e juiz da 1ª Vara de Família e Sucessões de Rondonópolis, Wanderlei José dos Reis, o ambiente escolar precisa ser um ambiente de paz e de conforto. “Diante da presença de qualquer problema, este profissional capacitado que está na escola estará fazendo a mediação de forma correta e assertiva, com diálogo para o restabelecimento da paz”. 

Para ele, a data é muito importante tendo em vista que inicia uma polícia pública de Justiça Restaurativa entre município e judiciário importante para a formação do cidadão. “Uma criança na escola, é uma criança menos vulnerável ao crime e as drogas”. Ele destacou que o aluno é reflexo da família, mas que o ambiente também influencia na educação. E neste sentido o ambiente escolar terá um profissional que mediará possíveis conflitos. 

Foto: Wheverton Barros/Gcom

O prefeito José Carlos do Pátio ressaltou que o município está pronto para trabalhar de forma integrada com o Judiciário e destacou as iniciativas da administração para garantir segurança aos alunos no ambiente escolar, diante de um ano com ameaças externas. “Vamos estar colocando cerca elétrica e concertinas em todas as escolas. Também estaremos reforçando a portaria das escolas colocando funcionários de carreira. Para isto, desde já, queremos deixar a possibilidade dos funcionários de carreira com seis horas que possam trabalhar oito horas diárias”. 

Durante o evento, o prefeito assinou a ordem de serviço para a colocação dos materiais que reforçam a segurança nas unidades. 

INVESTIMENTOS

Além disso, o prefeito ratificou os investimentos na educação como formação do cidadão confirmando a construção de cinco novas escolas de tempo integral, construção de um pavilhão para as atividades do contraturno na EMEB “Terezinha Silva Souza”, local da assinatura do convênio, no recém-inaugurado Residencial “Celina Bezerra”. 

O prefeito também informou que haverá concurso público ainda este ano e diante da aprovação, entre 300 e 400 pedagogos devem ser chamados no próximo ano. Além disso, afirmou que irá continuar ampliando a rede de ensino com inauguração de novas creches já nos próximos dias. 

Também estiveram presentes no ato, o presidente da Câmara, Júnior Mendonça, o presidente do Sanear, Paulo José, os vereadores Reginaldo dos Santos, Ozeas Reis e Subtenente Guinâncio, a secretária de Educação, Mara Gleibe, entre outros secretários municipais.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp