“MINHA CABEÇA FOI POSTA A PRÊMIO”: Marchiane diz que PSL sofreu apunhalada pelas costas de grupo de Cláudio Paisagista

Marchiane Fritzen (PSL) é candidata a vice prefeita na chapa encabeçada por Luizão (Republicanos)

Em um áudio endereçado a candidatos a vareador e demais filiados do PSL, a candidata a vice prefeita de Rondonópolis, Marchiane Fritzen (PSL), diz que foi “apunhalada pelas costas” pelo grupo encabeçado pelo candidato a prefeito, Cláudio Ferreira, o Cláudio Paisagista (DC). Segundo ela, a condição imposta para uma composição do PSL ao bloco do DC foi colocar sua “cabeça a prêmio”.

Ontem (16), as convenções partidárias confirmaram a fragmentação do bloco direitista nas eleições municipais com três nomes na disputa eleitoral: Luizão (Republicanos), Vanderlei Bonoto (PRTB) e Cláudio Paisagista (DC). Pouco antes das convenções partidárias, a ideia ainda era unificar os partidos em bloco único.

No áudio, obtido pela reportagem do site Primeira Hora, Marchiane relata os momentos que antecederam a convenção partidária do DC. “Fomos apunhalados pelas costas. Tivemos uma reunião bem cedo no diretório municipal, junto com nomes do DC, do Patriotas e PSL, para alinharmos os últimos detalhes (da composição), quem nós chamaríamos para a convenção. Às 11h fiquei de conversar com o Cláudio (Paisagista), mas ele não apareceu, disse que estava ocupado”, inicia o relato.

Logo após a negativa de Cláudio, Marchiane diz que recebeu uma ligação e, momentos depois, nomes dos partidos que confirmaram em convenção a composição com o DC de Cláudio Paisagista estiveram em sua casa. “Me ligaram e disseram que precisávamos conversar, que era urgente. Foram em casa toda a diretoria do DC, além do presidente do Patriotas. Ali imaginei que alguma coisa estava acontecendo”, continua.

Foi neste momento, que segundo ela, veio a proposta de compor com o PSL desde que não fosse ela a vice na chapa. “Minha cabeça foi posta a prêmio”. Ainda segundo Marchiane, o PSL se recusou a seguir na tratativa. “O PSL não se vendeu. Sei que poderão até dizer isso, mas o PSL não se vendeu”, diz a empresária.

Mais a noite, o PSL confirmou composição na chapa encabeçada pelo empresário Luiz Homem de Carvalho, o Luizão (Republicanos), tendo a empresária como vice a apoio do Podemos e PSDB. “No PSL temos pessoas honradas, de caráter. Fizemos a composição com este grupo que não nos prometeu secretaria nem ajuda financeira. Nos prometeram o melhor para Rondonópolis. Antes, estávamos com lobos vestidos de cordeiros. Agora, estamos juntos ao grupo que tem caráter”. segue Marchiane no áudio. “Vou até o fim com o PSL”, diz.

Leia mais

“NOVA POLÍTICA”: Claudinei lamenta direita fragmentada, mas reafirma grupo fortalecido pró Luizão

Luizão define Marchiane como vice e fecha arco de alianças com Podemos, PSDB e PSL

FECHADO COM A DIREITA-Cláudio Ferreira aceita indicação do Patriotas e define Reginaldo dos Anjos para vice