Homem negro é morto por seguranças em supermercado do grupo Carrefour em Porto Alegre

Um homem de 40 anos, identificado como João Alberto Silveira Freitas, foi morto por seguranças do Supermercado Carrefour, na cidade de Porto Alegre-RS, na noite desta quinta-feira (19).

Um vídeo com imagens revoltantes, estão circulando nas redes sociais, onde mostra dois homens brancos, agredindo até a morte a vítima que é negra.

Segundo informações, o homem que fazia compras com sua esposa, teria dito algo para uma atendente de caixa, que chamou a segurança.




Logo em seguida, os suspeitos levaram o homem para fora do estabelecimento onde começou o show de horrores.

Algumas testemunhas disseram que a vítima teria dado um soco no rosto de um dos seguranças que também é policia militar, onde deu início as agressões.

Nas imagens é possível ver que, mesmo após vítima caída, agressores continuaram dando socos e pontapés.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionado, más quando chegou no local e tentou fazer o trabalho de reanimação da vítima que não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Em nota o supermercado disse que lamente o ocorrido e que serão tomadas medidas cabíveis para que os responsáveis possam ser punidos.

Segue nota.

O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.

Assista ao vídeo

IMAGENS FORTES