Apoio do Governo ao Wrestling projeta Mato Grosso no cenário esportivo nacional e internacional

Secel-MT

Secel-MT

Divulgação

Apoio do Governo ao Wrestling projeta Mato Grosso no cenário esportivo nacional e internacional

O apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) está ajudando a garantir oportunidades e conquistas aos esportistas do Wrestling no Estado. De convocações para integrar a seleção brasileira à classificação para competições de referência, a modalidade está projetando Mato Grosso no cenário esportivo nacional e internacional.

Uma das conquistas mais recentes é a classificação do cuiabano Igor Queiroz para o Campeonato Pan-Americano de Wrestling, que acontecerá no mês de maio, em Buenos Aires, Argentina.  A vaga para representar Mato Grosso e o Brasil na competição internacional foi obtida após o atleta ter sido campeão do Campeonato Brasileiro Interclubes-Aline Silva, realizado no início de março, em São Paulo (SP).

Igor atribui a conquista do título brasileiro e a consequente classificação para o Pan-Americano ao treinamento feito em Cuba, durante o mês de fevereiro.  O intercâmbio técnico com a equipe cubana, considerada uma das melhores do mundo na modalidade, teve parte da viagem custeada pela Secel-MT.

“Tive uma preparação muito boa lá, que foi fundamental para as conquistas e que será um diferencial nessa campanha em busca da vaga olímpica. São oportunidades que vêm graças ao apoio que tenho recebido do meu Estado. Represento Mato Grosso há vários anos e eu nunca tinha tido um apoio desse nível, só tenho a agradecer à Secel”, destaca.  

Com perspectivas de qualificação para os Jogos Olímpicos Paris 2024, o esportista cuiabano treina no projeto Conexão Santiago, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), que tem o objetivo de potencializar os resultados de jovens atletas. A dedicação ao esporte conta ainda com o suporte do bolsa-atleta, que faz parte do projeto Olimpus do Governo de Mato Grosso, em que Igor é beneficiado na categoria atleta internacional. 

Dentre os beneficiados com bolsa-atleta da Secel, outro destaque do Wrestling é Guilherme Porto, cuja trajetória de combates o coloca como evidência da modalidade no país. Em 2022, o mato-grossense foi campeão do Campeonato Pan-Americano Sub-20 de Wrestling e foi eleito o melhor atleta da competição.

Guilherme Porto em combate no Pan-Americano Sub-20 de Wrestling 2022
Créditos: Divulgação

Nas categorias sub-17 e sub-20 do wrestling, o projeto Olimpus atende também os atletas Angelo Anselmo, Antônio Pedro, Kaio Henrique, Matheus Jesus e Yago Conceição. Treinados pela professora Luzia Fernandes, os jovens lutadores já trouxeram diversas medalhas para Mato Grosso e, em maio, alguns deles participam da seletiva para o Campeonato Pan-americano Sub-20 2023.

“Ficamos muitos felizes em ver que nossa contribuição está ajudando o wrestling mato-grossense a se destacar dentro e fora do Brasil.  É sensacional ver o Igor representando Mato Grosso no Panamericano. É maravilhoso o trabalho da Luzia Fernandes com os jovens. Resumindo, é gratificante ter um grupo tão forte representando nosso Estado nas grandes competições”, celebra o secretário adjunto de Esportes e Lazer da Secel, David Moura.

Um pouco sobre o Wrestling

Antes conhecido como luta olímpica, o Wrestling é, ao lado da maratona, um dos esportes mais antigos de que se tem registro. Embora não haja confirmação de uma data precisa, acredita-se que a Luta começou a ser praticada no período Micênico da Grécia Antiga, em que os atletas lutavam nus e seus músculos delineados representavam o equilíbrio entre corpo e mente.

A Luta Olímpica ou Olympic Wrestling é disputada desde o ano 704 a.C. nos Jogos Olímpicos da Antiguidade. Atualmente, é dividida em três estilos: Greco-romano, Livre masculino e Luta feminina. Os três estão presentes no cronograma olímpico com seis categorias de peso cada. 

(Fonte: Confederação Brasileira de Wrestling)

+ Acessados

Veja Também