Zé do Pátio se reúne com empresários e garante empenho para asfaltar todos os distritos industriais de Rondonópolis

Na reunião, o prefeito, que busca a reeleição, revelou que a classe empresarial já é parceira na execução de obras estruturantes

Em um encontro que reuniu empresários e produtores rurais na noite dessa quinta-feira (29), o prefeito José Carlos do Pátio (SD), candidato à reeleição, apresentou as obras de infraestrutura que estão em execução na cidade e os projetos que serão implementados caso seja eleito para mais um mandato em 15 de novembro. Uma das obras já iniciadas é a construção do Centro Político Administrativo (CPA) de Rondonópolis, nos moldes do que existe em Cuiabá e que já conta com o apoio da classe empresarial e de entidades para a sua viabilização.

Participaram da reunião realizada no Caiçara Tênis  Clube o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho, e dirigentes de vários segmentos econômicos da cidade, como o Sindicato Rural de Rondonópolis, Associação dos Transportadores de Cargas de Mato Grosso e o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Rondonópolis e Região (SETCARR), que representam setores que geram grande arrecadação de impostos e empregam um grande número de trabalhadores.




O prefeito José Carlos do Pátio explicou que já foi comprada a área de 50 hectares na região do bairro Alfredo de Castro onde será construído o CPA. Cinco por cento das obras já foram executadas e o investimento até agora foi de R$ 7 milhões segundo a Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo, responsável pelo projeto. “Terá no local a Prefeitura, Fórum, Câmara Municipal, secretarias municipais, como é em Cuiabá, no CPA onde está o palácio do Governo, a Assembleia Legislativa e o Fórum”, disse o prefeito, que explanou as realizações de sua gestão ao lado do seu candidato a vice, o empresário Aylon Arruda (PSD).

Algumas ruas e avenidas já começaram a ser construídas no entorno do CPA. Um dos acessos, via Avenida dos Estudantes, seguirá pela avenida que está sendo construída até o CPA. Outra possibilidade será por outra avenida que passa por trás do Parque de Exposição Wilmar Peres de Farias. Um grupo de empresários já é parceiro no projeto bancando a execução de obras de pavimentação asfáltica das avenidas e contribuindo com parte do investimento de R$ 10 milhões.

GRATIDÃO

Segundo o prefeito, a abertura das avenidas revitalizará a região. Ele disse que já conversou com o setor empresarial e eles estão dispostos a ajudar. “Quem está fazendo a pista é um grupo de empresários que está colaborando, uma contribuição social dos empresários. É muito importante eu dizer da gratidão, pela parceria, que nós estamos construindo com os setores empresariais da nossa cidade, que acreditam nessa cidade. Não posso deixar de agradecer: tem muito empresário que está colaborando com a gente e eu tenho muito gratidão a isso”, disse o prefeito.

Na conversa com os empresários, o prefeito José Carlos do Pátio relatou que os distritos industriais Augusto Bortoli Razia e Fabrício Vetorasso Mendes e ainda o Micro Distrito Industrial “Anésio Pereira de Oliveira”, na Vila Operária, estão recebendo investimentos de R$ 30 milhões do Finisa (Financiamento à infraestrutura e ao Saneamento) da Caixa Econômica Federal em obras de pavimentação asfáltica. Até agora 32% dos serviços foram executados. As obras incluem pavimentação de 95 mil metros quadrados de asfalto, 8,4 mil metros quadrados de drenagem, sinalização horizontal e vertical.

CODER DENTRO DO DISTRITO

Em sua apresentação, o prefeito disse que no próximo ano a Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) será a grande parceira do setor empresarial para asfaltar todos os cinco distritos industriais existentes na cidade. Além dos recursos próprios da prefeitura, o município contará com o apoio do governo do Estado para viabilizar o asfaltamento nos distritos, conforme reunião realizada na semana passada com o governador Mauro Mendes (DEM) e que contou com as presenças da deputada Janaína Riva (MDEB) e dos deputados Wilson Santos (PSDB) e Nininho (PSD).

Segundo o prefeito, a Coder será instalada dentro do Distrito Industrial Vetorasso em uma área que a prefeitura possui de 75 mil metros quadrados. “Vamos montar lá a nova Coder. Vou deixar uma equipe lá só para executar obras do distrito industrial. A Coder só vai sair depois que asfaltar todo o distrito. Vamos fazer com a Coder e também com empresas privadas o asfalto”, disse o prefeito, sendo aplaudido pelos presentes no encontro. Pátio destacou que sua gestão recuperou a Coder e investiu na companhia R$ 18,979 milhões na compra de mais de 130 máquinas, equipamentos e veículos, entre caminhões, motoniveladoras, pás carregadeiras, tratores, caminhões caçamba, retroescavadeira, rolo compressor e uma usina de asfalto.

 “Vamos deixar numa situação digna, que merece, até porque o maior PIB [Produto Interno Bruto] nosso, o maior VA [Valor Adicionado], sai dos distritos industriais. E realmente nós temos uma dívida com a sociedade”, afirmou José Carlos do Pátio, que é candidato à reeleição pela Coligação Rondonópolis nos Trilhos do Desenvolvimento Econômico e Social (PP, PTB, Rede, PSD, PCdoB, Solidariedade e PV).  Conforme relatório disponibilizado pela Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), em 2019 o Valor Adicionado (movimento econômico) dos distritos industriais de Rondonópolis foi de R$ 6,137 bilhões, o equivalente a 59,53% do VA de Rondonópolis, que totalizou R$ 10,308 bilhões entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2019.

AVENIDAS

Dentre as obras destacadas pelo prefeito em um telão, estão as seguintes: a duplicação da Avenida Bandeirantes, obra já licitada no valor de R$ 1,471 milhão, recurso do Finisa; duplicação da Avenida Poguba, que já está com 50% das obras concluídas, com recursos de R$ 6,7 milhões oriundos do Ministério do Turismo, que inclui pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, sinalização viária, ciclovia e iluminação; duplicação da Avenida Fernando Corrêa da Costa, valor do projeto de R$ 2,243 milhões, incluindo o recapeamento da pista atual e ainda a pavimentação do prolongamento da Avenida Rio Grande do Sul (5% da obra já foi iniciada).

Outra obra, que está em fase de projeto, é Avenida Beira Rio, que envolve paisagismo, mirante, iluminação, drenagem, pavimentação e sinalização. “Já temos R$ 4 milhões em caixa. É uma bandeira do senador Wellington Fagundes (PL), colocar a cidade de frente para o Rio Vermelho, já vou mandar o projeto para a Caixa Econômica Federal”, disse o prefeito. Também está sendo revitalizado o asfalto da Avenida Daniel Clemente, que é uma via de acesso a vários bairros da cidade, a Rodovia do Peixe e ao Distrito Industrial de Rondonópolis (o mais antigo). O investimento é de R$ 1,967 milhão e 85% da obra já foi concluída.

INTERLOCUÇAO

Em sua fala, o candidato a vice-prefeito, o empresário Aylon Arruda, destacou sua trajetória familiar e profissional. Ele disse que aceitou o convite para compor a chapa com o prefeito José Carlos do Pátio para ser o interlocutor da classe empresarial com a gestão pública e que a prefeitura estará de portas abertas para receber as demandas do setor. Ao falar sobre algumas realizações da gestão Zé do Pátio, Aylon Arruda lembrou que Rondonópolis implantou 160 quilômetros de rede de esgoto, com quase 95% do serviço implantado na cidade e tem 99% de rede de distribuição de água. “Vou estar junto com o prefeito para ajudar o município a se tornar referência nacional em gestão pública, qualidade de vida e geração de emprego. Para isso, nós vamos trabalhar, para isso que aceitei esse desafio”.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Rondonópolis e Região, Lourestes José Pedrini, é muito importante a presença de Aylon Arruda junto com José Carlos do Pátio, pois ele acompanha de perto e sabe das necessidades dos setores econômicos. Segundo ele, as gestões anteriores deixaram muito a desejar na infraestrutura dos bairros, inclusive no centro, e nos distritos industriais, onde estão grandes transportadoras e fábricas, que geram mão de obra e arrecadação para o município e o Estado.

“Nós do setor de transportes temos muito que agradecer o que o prefeito tem feito. Porque nós temos empresas lá no Distrito Razia e Vetorasso e estávamos precisando muito das obras de asfaltamento e esgoto para melhorar o sistema dos distritos que estavam precários. Estamos apostando no Zé, porque ele já demonstrou que tem o interesse de melhorar a infraestrutura dos distritos. Então nós acreditamos e estamos juntos com o Zé do Pátio”, afirmou Lourestes José Pedrini.