Ulysses Moraes quer mais informações sobre os atendimentos no Hospital Regional de Rondonópolis

A Unidade hospitalar deixou de ser referência no atendimento aos casos da Covid-19 e o parlamentar quer entender os motivos dessa decisão

Projeto prevê que 50% da arrecadação de multas pagas por gestores municipais seja destinada à saúde

O deputado Ulysses Moraes (PSL) fez um requerimento de informações à Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) para saber os detalhes dos atendimentos no Hospital Regional de Rondonópolis. O parlamentar questiona o motivo do hospital não ser mais uma referência no atendimento aos casos da Covid-19, tendo em vista que a pandemia ainda não acabou.

“Essa decisão da Secretaria de Saúde do Estado é incoerente. Precisamos saber os detalhes, as razões que levaram a isso, porque a pandemia ainda não acabou. Por isso é necessário não medir esforços para combater esse vírus que já deixou inúmeras vítimas mortais em nosso Estado”, disse Moraes.

No requerimento nº 564/2020, o parlamentar solicita ainda quais serão as medidas tomadas pelo Hospital perante os pacientes de Covid-19 em tratamento. Além disso, para onde esses pacientes serão transferidos e se existe a possibilidade do Hospital voltar a ser referência em atendimento aos pacientes com essa doença.




Até o momento, 138.137 casos da Covid-19 já foram confirmados em Mato Grosso, sendo registrados 3.758 óbitos. Em Rondonópolis, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) recebe pacientes do município com a doença e a Santa Casa também tem leitos disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Mas vale destacar que o Hospital Regional é que realmente era referência para o tratamento da doença no município e regiões próximas.

“Vamos aguardar a resposta da SES com todos esses esclarecimentos. Precisamos pensar em salvar as vidas dos pacientes”, finalizou o deputado.