Ubaldo diz, nos bastidores, que pode disputar em 2024 e aposta em votos de Pátio

O ex-vice-prefeito de Rondonópolis, Ubaldo Tolentino de Barros (Cidadania) não deve abandonar a carreira política, mesmo após a derrota nas urnas nas eleições do ano passado.

Ubaldo foi o sétimo colocado com 789 votos a frente apenas do candidato do Psol, Kleison Teixeira, que obteve 385 votos. O primeiro colocado, o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) que foi reeleito ficou com 44605 votos. Pátio teve 43807 votos a mais que Ubaldo.

Nos bastidores, Ubaldo tem dito aos mais próximos que vai tentar em 2024 novamente a cadeira de prefeito. Ele alega que teve uma votação baixa no ano passado em razão de ter como principal concorrente o prefeito Zé do Pátio.




Para os mais próximos, Ubaldo disse acreditar que os votos de Pátio podem ser transferidos para ele, e com esse tese, ele teoricamente teria condições de vencer. O prefeito, por outro lado, não poderá disputar mais uma reeleição.

Por outro lado, Ubaldo voltou a promover campeonatos de futebol em seu chácara e atraído muitas pessoas para esses eventos. No último fim de semana, vereadores, secretários e até o atual vice, Aylon Arruda prestigiaram o evento.