Supostos traficantes ameaçam comerciantes que aumentaram preços de produtos

Pixabay/Ilustrativa

Um perfil no Twitter que supostamente pertence a um grupo de traficantes no Rio de Janeiro, ameaçou comerciantes que aumentaram preços de produtos de maneira abusiva dentro do Morro do Jacaré, na zona norte da capital fluminense.

A publicação já conta com mais de mil compartilhamentos até a tarde desta sexta-feira (27). Autodenominado como “Os Crias”, o grupo afirma que não aceitará preços abusivos dentro da comunidade.

“Vocês sempre dependeram dos nossos moradores, hoje, eles dependem de vocês e nós lutaremos por eles”, dizia a postagem, que foi respondida positivamente por moradores, que relataram aumentos considerados abusivos nos preços de alguns produtos, principalmente o álcool em gel.




Receitas caseiras de álcool gel não são recomendadas

Devido a alta dos preços, pessoas de menor renda vêm recorrendo à receitas caseiras para produção de álcool gel que circulam nas redes sociais. Mas essas soluções, além de ineficazes, podem prejudicar a saúde.

Vendo a propagação de notícias falsas, o Conselho Federal de Química (CFQ) divulgou uma nota que “não recomenda qualquer tentativa de produção caseira de álcool gel, tanto pelos riscos associados quanto por confrontar a legislação brasileira.”

Produzir álcool gel caseiro é perigoso e “quando se utiliza álcool líquido em elevadas concentrações, aumenta-se bastante o risco de acidentes que podem provocar incêndios, queimaduras de grau elevado e irritação da pele e mucosas”, segundo a CFQ.