SOS SAGRADA FAMÍLIA | Bairro com mais de 5 mil habitantes sofre há 30 anos com período chuvoso (VÍDEO)

Os moradores do bairro Sagrada Família, região da grande Vila Aurora, voltaram a “sentir na pele” os efeitos colaterais do período chuvoso.

Boa parte do residencial, que tem mais de 30 anos, ainda não tem asfalto e estrutura de drenagem. Alguns pontos receberem pavimento. Mas pelas condições geográficas da localidade ainda é pouco.

O sábado (06) de muita chuva em Rondonópolis, expôs mais uma vez o problema da falta de vazão para o excesso de água. Ruas inteiras ficaram alagadas, algumas comprometidas com erosão provocada pela força da enxurrada.




Um dos pontos mais afetados foi a Avenida W-70, próximo ao Clube dos Bancários. Parte da via ainda está sem asfalto e o que era para ser uma rua ampla, com mão dupla, para acelerar a fluxo de veículos se transformou num rio, com muita correnteza.

Após a chuva veículos ficaram atolados. No início da manhã de domingo (07), devido ao excesso de lama, alguns moradores não conseguiram sair de suas residências com os carros.

O barro também interferiu no direito de ir e vir de quem mora da Rua Luiz Valente Figueiredo, que é asfaltada e liga 9 bairros com a Avenida dos Estudantes.