Sicoob promove doações em mais de 460 municípios brasileiros

Doações e ações em combate ao coronavírus e auxílio a famílias necessitadas abrangem insumos hospitalares, equipamentos de proteção individual e alimentos na ordem de R$ 7,4 milhões

Agência do Sicoob em Juara é inaugurada nesta sexta-feira

Desde março deste ano, quando se iniciou a recomendação de isolamento social em diversas regiões do Brasil, o Sicoob – sistema de cooperativas financeiras – realizou quase 600 ações em diferentes frentes para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus no cotidiano dos cooperados e das comunidades em que as cooperativas estão inseridas.

A instituição registra que, em quase dois meses, repassou mais de R$ 7,4 milhões em forma de doações para comunidades, hospitais, fundações e cooperados. Desse total, quase R$ 4 milhões foram em insumos hospitalares, enquanto o investimento em equipamentos de proteção individual chegou a R$ 2,5 milhões.

As doações referentes a alimentos chegaram a R$ 713 mil, enquanto o valor aportado em produtos de higiene e limpeza repassados a comunidades alcançou R$ 118 mil. As ações foram realizadas em 460 municípios diferentes, com destaque para os estados de Minas Gerais (150 ações e um valor de R$ 3 milhões), Goiás (28 ações e R$ 1,2 milhão aportados) e São Paulo (104 ações e R$ 477 mil em doações).

Locais afastados dos grandes centros, como o interior dos estados, que são menos impactados por ações beneficentes, também ganharam espaço com as doações do Sicoob. As regiões Centro-Oeste (R$ 1,5 milhão), Norte (R$ 523 mil) e Nordeste (R$ 221 mil), que contam com forte atuação do Sicoob em comunidades em que o sistema bancário tradicional não atende, representaram, juntas, mais de 30% de todas as doações realizadas.

Logo no início da pandemia, o Sicoob criou um comitê para estudar as consequências da Covid-19 em todo o País e os próximos passos para ajudar de forma efetiva a população por meio do cooperativismo. Além das doações, como primeiro passo, houve a reestruturação de suas operações de crédito, com prorrogação de prazos a partir de avaliações individuais de cada cooperativa. Assim, promovendo maior flexibilidade para que os cooperados viabilizem o pagamento de seus vencimentos. O Sicoob também deu liberdade para que as cooperativas criassem suas próprias linhas de crédito de acordo com a necessidade das comunidades locais.

Adotando o que há de mais novo em tecnologia, o Sicoob também expandiu as funcionalidades do já existente Sicoob Moob, aplicativo voltado para facilitar a experiência dos cooperados, para que ele passe a possibilitar acesso remoto a palestras, seminários e, principalmente, assembleias. Desta forma, o cooperado não deixa de participar do dia a dia da cooperativa mesmo em sua própria casa.

“Do ponto de vista do cooperativismo, a pandemia reforçou nosso propósito de servir à população com a cooperação e a solidariedade. São nos momentos de dificuldade que essas virtudes mais se destacam”, afirma Marco Aurélio Almada, presidente do Bancoob.

Para os cooperados que possuem o cartão Sicoobcard, o Sicoob anunciou um bônus de 50% na troca de pontos por crédito na fatura, válido até 30 de junho. O cooperado que trocava 1.254 pontos por R$ 25, no período promocional passa a ter direito a R$ 37,50, por exemplo.

Hoje o Sicoob conta com mais de 4,7 milhões de cooperados, que estão sendo orientados a utilizar os canais digitais sempre que possível, seja pelo aplicativo ou pelo Internet Banking. “Mesmo neste momento difícil, estamos ao lado dos nossos cooperados para atenuar as dificuldades financeiras que podem surgir”, fala Reposse Junior, diretor de Desenvolvimento e Supervisão do Sicoob Confederação.