Secretaria implanta Acordo de Resultados e vai cobrar cumprimento de metas no sistema de fiscalização agropecuária

Modelo criado pela SDA e assinado pelos gestores estabelece 54 ações a serem executadas até o final deste ano

Secretaria implanta Acordo de Resultados e vai cobrar cumprimento de metas no sistema de fiscalização agropecuária
Carlos Silva/Mapa Ministra disse que programa permitirá realizar o trabalho das secretarias com mais qualidade

Implantar o processo de gestão por resultados, aperfeiçoar a gestão pública e buscar a excelência na qualidade dos serviços prestados é o objetivo do Acordo de Resultados, implantado na Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do Ministério da Agricultura e assinado nesta quinta-feira (25). Pelo acordo, os diretores e chefes de departamento da SDA se comprometem a cumprir uma série de metas até o fim de 2019.

O plano de gestão é composto de 54 ações a serem executadas pelos departamentos da secretarias, entre elas a melhoria do sistema de informática da SDA, que vai dar agilidade na fiscalização. Também está entre as metas a elaboração do Programa de Erradicação da Peste Suína Clássica.

A ministra Tereza Cristina disse que o Acordo de Resultados é uma inovação da Secretaria de Defesa Agropecuária do Mapa, e destacou os avanços já obtidos na resolução de problemas na área de vigilância sanitária. Ela adiantou que outras secretarias também vão entrar nesse modelo de gestão. Em discurso para os servidores, ela explicou os objetivos do novo modelo de gestão: “Acho que esse programa vem para nos ajudar a fazer as entregas que a gente já vem fazendo, com mais qualidade e menos pressão em cima de vocês para que as coisas aconteçam”, disse ela.

O secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal, lembrou da complexidade da defesa agropecuária no pais e reforçou a necessidade do novo sistema de gestão por resultados, que vai ajudar na modernização da gestão para garantir a manutenção do crescimento da agropecuária, tanto interno quanto para as exportações.

“A Defesa Agropecuária é um processo complexo, mas é fundamental para garantir o crescimento tanto para o abastecimento interno quanto para as exportações e, para isso, precisamos de um processo eficiente de gestão”, afirmou o secretário.

Clique aqui para ouvir a matéria da Radio MAPA