Secretaria de Saúde de Mato Grosso descarta caso de morte por coronavírus em Rondonópolis

Secretaria de Saúde destina R$ 11,7 milhões para os municípios de Mato Grosso
Foto por: Christiano Antonucci



Em nota, a Secretaria de Saúde informou que um médico infectologista do hospital regional já descartou a possibilidade da morte regsitrada hoje ter sido provocada por infecção via coronavírus, mesmo assim ainda será feito o teste.

De acordo com informações divulgadas na manhã desta quarta-feira (25), um homem de 67 anos, havia morrido sob suspeita de coronavírus. Na realidade, de acordo, o governo do Estado, este homem faleceu por problemas respiratórios não relacionado ao vírus.

Na tarde de hoje, familiares deste homem, negaram que ele havia contraído o vírus e teria vindo à cidade para fazer compras. O homem morava na zona rural de Rondonópolis.

Confira nota da SES

Confira a nota da SES na íntegra:

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) esclarece que o referido paciente deu entrada na UPA do município de Rondonópolis, local onde foi coletado material biológico para exames. Após a coleta, o paciente foi transferido para o Hospital Regional localizado neste município.

Na unidade, ele recebeu os atendimentos necessários ao seu quadro de saúde. Ao analisar o quadro clínico do paciente, o médico infectologista do hospital descartou a possibilidade de ser um caso suspeito de coronavírus e concedeu outro diagnóstico. Ainda assim, para o esclarecimento dos fatos, o Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) testará a amostra do paciente para COVID-19.

A SES ressalta que o paciente não era um dos 27 casos notificados ao Estado como suspeitos de coronavírus na cidade. Todas as atualizações relativas ao coronavírus em Mato Grosso ocorrem de segunda a sexta-feira, às 17h, por meio do site da SES-MT e de coletiva online de imprensa concedida pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, na redes sociais do Governo do Estado.