Secretaria de Saúde arrisca ao centralizar vacinação na Escola Pindorama

https://br.freepik.com/fotos-premium/mulher-idosa-a-mao-do-medico-segurando-uma-seringa-e-estava-prestes-a-vacinar-um-paciente-na-clinica-para-evitar-a-propagacao-do-virus_12570299.htm

Secretaria de Saúde arrisca ao centralizar vacinação na Escola Pindorama

A redação da Agência de Notícias Primeira Hora apurou com fontes da Secretaria Municipal de Saúde, que vários servidores estão temerosos com o novo processo de vacinação adotado pela pasta.

O centro dessa preocupação é o local de vacinação, que a partir desta terça-feira (30) será centralizado na Escola Estadual Pindorama. O espaço físico da unidade é grande, mas fragmentando e com várias divisões.  “É muito arriscado, se colocar gente demais pode dar problema, alertamos que a organização precisa ser impecável, dentro e fora da escola”, cita uma fonte ouvida pela reportagem.

A Prefeitura divulgou que a imunização será para quem tem 72 anos ou mais, sendo as mulheres pela manhã (das 8h às 11h) e os homens a tarde (das 13h às 17h). Pelo cronograma, na terça-feira a vacinação será para quem tem 74 anos ou mais, na quarta (31) para quem tem 73 anos ou mais e na quinta (01) para quem tem 72 anos ou mais.

O que ninguém sabe até o momento é quantos idosos terão acesso ao prédio. Também não foi divulgado uma estratégia para evitar aglomerações do lado de fora da escola. O receio é que as cenas vistas no começo de março possam se repetir. Naquela ocasião centenas de idosos madrugaram em filas nos pontos de vacinação. Aglomerações foram registradas, em todos os locais ao vivo pela televisão. A vacina não foi suficiente para atender a demanda.

A Prefeitura de Rondonópolis ainda não dispõe de um sistema de agendamento online de vacina. O serviço por drive-thru só é utilizado em sábados esporádicos.

+ Acessados

Veja Também