Sebrae/MT apresenta serviços e soluções durante 5ª Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação de Rondonópolis

Assessoria Sebrae-MT

Assessoria Sebrae-MT

Equipe do Sebrae/MT apresentou serviços e soluções para estudantes e visitantes durante a 5ª Feciti - Foto: Assessoria Sebrae/MT

Sebrae/MT apresenta serviços e soluções durante 5ª Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação de Rondonópolis

Visitantes puderam conhecer ações voltadas ao desenvolvimento de ideias inovadoras e novos empreendimentos

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Mato Grosso (Sebrae/MT) esteve presente na 5ª Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação de Rondonópolis (Feciti) e apresentou serviços e soluções aos estudantes e demais visitantes. O evento foi realizado nos dias 5 e 6 de dezembro, pela Prefeitura Municipal, por meio das Secretarias Municipais de Ciência, Tecnologia e Inovação e a de Desenvolvimento Econômico.

A analista de Negócios do Sebrae/MT, Jackeline Garcia, explica que dentre as ações da instituição estão a educação empreendedora e o desenvolvimento de empresários focados em tecnologia e inovação.

“Esse incentivo à inovação que a Feciti promove, vem ao encontro das premissas do Sebrae/MT, que veio aqui mostrar o que tem sido desenvolvido dentro do ecossistema de inovação, além de levar tecnologia e conhecimento aos estudantes. É importante mostrarmos para esses jovens que, depois de saírem da escola, eles podem contar com apoio do Sebrae/MT caso queiram desenvolver um negócio, seja como empresários ou para o intraempreendedorismo”, afirma.

Jackeline Garcia ressalta que o Sebrae/MT se preocupa em discutir e fomentar soluções que envolvem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“Dentro desses objetivos, um dos pontos fortemente discutido é a educação. E o Sebrae/MT se preocupa em trabalhar estes aspectos e estar próximo dos jovens, pois os alunos que têm ideias na escola ou na universidade, pode ser o empreendedor do futuro. Aqui vemos o futuro empresário, o futuro inovador, o futuro dono de uma startup, então é importante ter esse contato para mostrar que eles podem contar com o nosso apoio e orientações”, finaliza.

Projeto inovador

A estudante Kamilly Vitória de apenas 16 anos criou o ‘Projeto – 36’ com a amiga Kawany Moraes, após enfrentarem dificuldades para encontrar roupas que ficassem bem em seus próprios corpos.

O projeto tem como objetivo criar uma loja de roupas femininas especializada em tamanhos menores. As alunas do 2º ano da Escola Estadual Militar Dom Pedro II apresentaram a ideia durante a 5ª Feciti e receberam orientações do Sebrae/MT sobre como colocar a ideia em prática, tirar a loja do papel e ainda utilizar as redes sociais para impulsionar o empreendimento.

“Essa ideia veio de uma dor minha e da minha colega, porque temos dificuldade na hora de achar roupa. A gente andou muito, fizemos várias pesquisas, e as lojas realmente não oferecem roupas em tamanhos menores. Muitas mulheres já adultas precisam recorrer a seções de roupa infantil e as mulheres não querem passar esse tipo de imagem. Às vezes achamos tamanhos menores, mas eles têm forma grande e não ficam bem no corpo. A nossa proposta é trazer autoconfiança, amor próprio, empoderamento feminino e peças mais ousadas, elegantes e também casuais para que as mulheres não encontrem mais dificuldades para encontrar roupas que se sintam bem”, afirma a estudante.

Para informações sobre o trabalho oferecido pelo Sebrae aos empreendedores, os interessados podem entrar em contato pelo telefone (66) 3427-2850 ou procurar a agência do Sebrae em Rondonópolis, que fica na avenida Cuiabá, 560, no Centro da cidade. A instituição oferece capacitações gratuitas para quem deseja abrir um negócio e não sabe por onde começar.

+ Acessados

Veja Também