Reginaldo diz que caos e descaso no Hospital Regional já era tragédia anunciada

Foto/Assessoria

O vereador Reginaldo Santos, usou seu perfil no Facebook, para lamentar e dizer que o caos e o descaso no Hospital Regional de Rondonópolis já era uma tragédia anunciada.

Reginaldo diz que há muito tempo denuncia os desmandos no hospital, ocasionando, falta de medicamentos, falta de médicos especialistas e precárias condições de trabalho.

O vereador alerta que o atendimento está resumido aos casos de urgência/urgentíssima.

Isso porque, médicos de diversas especialidades suspenderam as atividades por falta de pagamento.

“Não tenho dúvida que esta é a maior crise do Hospital Regional. O que preocupa é a falta de atitude do governador Pedro Taques em solucionar o problema. Será necessária uma grande força tarefa do futuro governador Mauro Mendes para dar as condições necessárias para o hospital. Certamente, vamos continuar buscando melhores condições de trabalho para os servidores e um serviço de qualidade para os pacientes e familiares”, disse Reginaldo.

 

Situação caótica

O Instituto Gerir, responsável pela administração do Hospital Regional de Rondonópolis, suspendeu todos os procedimentos eletivos, devido ao atrasado nos repasses por parte da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Como resultado, os médicos concursados foram orientados a cancelar atividades eletivas.

Além disso, os médicos que são contratados já não estavam realizando serviços eletivos desde o dia 8 de outubro.