Recursos da Covid- Prefeitura envia dois projetos prevendo a utilização de mais de R$30 milhões em diversos setores

câmara municipal discute ppa com a população nesta quinta

O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) enviou na tarde de hoje, em regime de urgência um novo pedido de autorização para que a Câmara de Vereadores autorize a utilização de recursos do governo federal em razão da Pandemia da Covid-19.

Ao contrário da semana passada quando o vereador líder do prefeito Juary Miranda de Moraes retirou a proposta da Câmara que previa a utilização dos recursos da ordem de R$ 15 milhões para amortização de dividas e obras de infraestrutura.

O projeto que chegou hoje prevê um novo valor, na verdade foi desmembrado em dois projetos, de acordo com o presidente da Câmara, Claudio Carvalho, o Cláudio da Farmácia.

Pelo que o Primeira Hora apurou trata-se de um projeto de mais R$ 23 milhões que prevê a utilização de R$ 12 milhões do total para o setor da Saúde e ainda mais de R$ 4 milhões para o pagamento de amortização de dívidas e o restante para outras secretarias. O outro projeto é de mais de R$ 6 milhões que prevê a distribuição de recursos para várias secretarias. O total dos dois projetos ultrapassa a casa dos R$ 30 milhões.

Thiago Muniz vai propor emenda ao projeto

O vereador Thiago Muniz explicou que os dois projetos são referentes a terceira e quarta parcela do programa federal de ajuda aos municípios e que deve junto com o vereador Fábio Cardozo, apresentar emendas ao projeto, obrigando a destinação dos recursos para a área da Saúde e o combate a Covid-19. “Vamos protocolar uma emenda destinando todo esse dinheiro para o combate da Covid”, disse Thiago.

O dinheiro da terceira parcela já está na conta do município e somente não está sendo usado em razão do pedido autorizativo ter sido retirado da pauta na semana passada, e o recurso da quarta parcela ainda será destinado à prefeitura.

Confira os projetos que vão a votação em regime de urgência:

Projeto 251

Projeto 250

Leia mais sobre o assunto:

R$ 15 MILHÕES- Thiago Muniz diz que retirada do projeto foi manobra e que município está burocratizando emendas em momento de Pandemia

Projeto dos R$15 milhões é retirado da pauta pelo líder do prefeito