Projeto Carne na Mesa avança com ações para o Vale do Guaporé


Com recursos garantidos para quase dois terços da meta de 2 mil famílias, o projeto Carne na Mesa entra na fase final da primeira etapa de entrega dos kits de carne bovina às famílias cadastradas em Rondonópolis, desta forma, o projeto volta suas atenções ao Vale do Guaporé, na região oeste do estado, especialmente nas cidades de Araputanga, Mirassol D’Oeste e Pontes de Lacerda.

O projeto Carne na Mesa, encabeçado pela Nutripura e com a parceria de pecuaristas e empresas, entra agora na fase de ampliação das doações e preenchimento de novos cadastros na nova região de atuação.

O perfil prioritário consiste nos quesitos: Chefe de família (pai ou mãe) desempregado, autônomo, trabalhador informal ou profissional liberal; renda mensal per capita menor que R$ 522,50 (1/2 salário mínimo); famílias com mais de quatro pessoas; pessoas pertencentes ao grupo de risco (pessoas com mais de 60 anos, diabéticos, hipertenso, etc). A validação da real necessidade dos selecionados está sendo feita através de uma equipe dedicada da Nutripura, utilizando informações obtidas junto ao Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

O cadastro de pessoas físicas e jurídicas para doações e das famílias a serem agraciadas pelo projeto Carne na Mesa pode ser realizados pelo site www.carnenamesa.com.br.