Prefeitura da início a processo de municipalização do transporte coletivo

O secretário de Trânsito do município, Rodrigo Metelo, confirmou ao Primeira Hora, que este projeto é o primeiro passo para o processo de municipalização

Foto: Matusalem Teixeira

O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) deu mais um passo para a municipalização do transporte coletivo de Rondonópolis. O prefeito enviou à Câmara, que aprovou em primeira votação, o projeto que autoriza o município a buscar empréstimo bancário na ordem de R$ 10 milhões para a aquisição de frota de ônibus.

O secretário de Trânsito do município, Rodrigo Metelo, confirmou ao Primeira Hora, que este projeto é o primeiro passo para o processo de municipalização. Metelo, no entanto, deixou claro, que ainda há a possibilidade de contratar uma nova empresa para atender o município via licitação. No dia 19 de novembro, haverá a quinta tentativa de fazer essa contratação e caso não aparecer nenhuma empresa, como ocorreu nas outras quatro tentativas a saída será municipalizar o transporte. “Esse é o nosso plano B”, resumiu Rodrigo.

Ele ainda explicou que apesar dos custos, acredita na viabilidade do novo sistema. O município passaria a ter controle de todas as ações do transporte coletivo. Atualmente há um contrato provisório até o dia 31 de dezembro com a empresa Cidade de Pedra; neste contrato o município paga a integralidade das gratuidades do sistema.

Na segunda-feira, o Primeira Hora já havia antecipado essa informação. O prefeito Zé Carlos do Pátio participou do programa SBT Comunidade, apresentado pelo advogado Carlos Vanzeli, onde confirmou a intenção de municipalizar o transporte. Pátio declarou que via com bons olhos e citou como exemplo a situação do Sanear que é municipalizado e segundo prefeito tem conquistado excelentes resultados, colocando Rondonópolis à frente de outras cidades que tem o sistema de água privatizado.

Leia mais sobre o assunto:

Prefeitura de Rondonópolis lança nova licitação do transporte coletivo da cidade

Pátio confirma projeto para municipalizar transporte coletivo