Prédios públicos de Tesouro são dedetizados em combate a Covid-19

Com o aumento no número de casos positivos para Covid-19 em Tesouro, a Prefeitura Municipal contratou uma empresa especializada para fazer a dedetização nos órgãos que tem mais fluxo de pessoas, e consequentemente maior possibilidade de contágio, e que tiveram casos confirmados nos últimos dias.

A empresa Vapor Service, do munícipio de Rondonópolis, realizará a sanitização interna e externa do Paço da Prefeitura Municipal, das duas unidades básicas de saúde sendo em Tesouro e Batovi, do Hospital Municipal São Lucas, das escolas municipais (Tesouro e Batovi) e dos prédios das Secretarias de Saúde, de Educação e Transporte e também as ambulâncias. O Hospital Municipal São Lucas foi o primeiro a ser dedetizado, já que atende diretamente pacientes infectados. A Prefeitura Municipal também receberá a dedetização, por ser um ambiente público com alto número de circulação de pessoas, seja em serviço ou buscando pelos mesmos.

A ação é bactericida, fungicida e virucida, ou seja, que extermina vírus incluindo Covid. O produto tem ação residual, deixando a película que impede proliferação de fungos, bactérias e vírus por 15 dias. O contrato prevê duas aplicações com intervalo de 14 dias nos mesmos lugares.






Além da desinfecção, a empresa se prontificou a dar treinamento aos Agentes de Endemias do município, para que os servidores possam fazer o processo de sanitização no comércio e nas casas com toda proteção e segurança, onde tiveram casos confirmados da Covid-19.