Polícia Militar, Gefron e PF apreendem 40 quilos de maconha em MT

PM-MT

PM-MT

Foto: PMMT

Polícia Militar, Gefron e PF apreendem 40 quilos de maconha em MT

Dois homens foram presos e dois veículos apreendidos na ação

Policiais militares do 8º Comando Regional, com apoio dos setores de inteligência do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e Polícia Federal, apreenderam 40 quilos de maconha, na noite desta segunda-feira (16.10), em Aripuanã. Na ação, dois homens foram presos e dois veículos apreendidos.

Por volta de 21h30, as equipes do Núcleo de PM do distrito de Conselvan receberam denúncias da inteligência do Gefron e Polícia Federal sobre um carregamento de drogas que estava vindo de Rondônia em direção ao município de Aripuanã.

Segundo as informações, as drogas estavam em uma caminhonete L200 de cor preta, enquanto um veículo Gol branco estava à frente, fazendo a varredura das rodovias e O serviço de batedor ao carro com os entorpecentes.

Os militares montaram barreira em um ponto estratégico e conseguiram abordar a caminhonete L200, no mesmo momento o condutor do veículo Gol notou a movimentação e fugiu.

Na abordagem ao veículo detido, a PM identificou um fundo falso no automóvel e localizou a quantia de 38 tabletes de maconha, que totalizaram 40 quilos de drogas.


 

Na revista pessoal ao suspeito, os policiais encontraram a quantia de R$ 244,00 em dinheiro. Questionado sobre o transporte da droga, o homem não deu informações aos militares e foi encaminhado para a Delegacia de Aripuanã com o material apreendido.

As demais equipes do 8º Comando Regional foram acionadas para realizarem diligências em busca do veículo Gol, que estava foragido. Na manhã desta terça-feira (18), a equipe da PM de Colniza conseguiu abordar o veículo e fez a prisão do suspeito que estava dando apoio ao transporte da droga.

Os suspeitos e o carro apreendido foram levados para a Delegacia de Colniza, para registro da ocorrência e demais providências.

Disque-denúncia   

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

+ Acessados

Veja Também