PM liberta família feita refém em propriedade rural em MT

Materiais e armas recuperadas pela polícia em fazenda localizada na área rural de Várzea Grande - Foto por: PMMT

Policiais militares do 4º BPM liberaram na tarde desta quinta-feira (23.01), uma família mantida refém em uma fazenda na área rural de Várzea Grande. Na ação, foram apreendidos seis espingardas de calibres 22 e 28, além de munições dos mesmos calibres. Os suspeitos não foram localizados e buscas continuam na região.

De acordo com o boletim de ocorrência, a denúncia, recebida pela Polícia Militar via 190, descrevia que uma família estaria sendo mantida sob arma de fogo. Quando chegaram no local, os policias conversaram com uma das vítimas que conseguiu fugir.

Ela disse que cinco homens fortemente armados chegaram ameaçando as quatros pessoas que estavam na fazenda. Três foram amarrados e um funcionário pego como refém. Ele foi levado junto com os suspeitos usando os veículos que estavam estacionados na propriedade, um Corsa e um Gol, onde colocaram os produtos roubados.

Durante a busca, os policiais encontraram um dos carros na frente de outra fazenda e, mais a frente o Gol, com três homens dentro. Os suspeitos saíram correndo armados pela área de mata e deixaram dentro do Gol as armas de fogo, que foram  apreendidas pela PM.

O funcionário da fazenda pego como refém foi localizado logo em seguida. Ele disse que os suspeitos comentavam que haveria um sexto homem que aguardava o grupo em uma caminhonete Hilux. Foi realizada uma varredura no local e nas proximidades, porém, nenhum suspeito foi localizado.

Na ação, foram recuperados dois veículos usados na fuga, um quadriciclo vermelho, duas motosseras, três televisores, além de ferramentas.

Serviço 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.