Padarias viram ponto de debates políticos na pré-campanha em Rondonópolis

Lucas Perrone

Lucas Perrone

Padarias viram ponto de debates políticos na pré-campanha em Rondonópolis

A cena é comum, principalmente nos finais de semana, um grupo de lideranças reunidas, debatendo o futuro e as eleições do ano que vem, rodeados de pães, bolos, café e outras guloseimas, as padarias viraram o local preferido para grupos se reunirem e tratarem do futuro político.

O encontro em padarias se intensificou nesta pré-campanha em Rondonópolis, quando os pré-candidatos, começam a discutir a sucessão. Pelo menos duas padarias viraram o foco da discussões. Uma delas é a Padaria Moinho, localizada nas proximidades da prefeitura. O local, no fim de semana, atrai políticos de todas as linhas e pensamentos.

Outra padaria é o Café Pequi, localizada na avenida Lions Internacional, e o local escolhido pelo ex-prefeito Adilton Sachetti para os encontros políticos, pois o empreendimento é propriedade da sua esposa.

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho é um dos adeptos dessas reuniões que apesar do clima informal tem chamado a atenção. Nininho é frequentador assíduo das duas padarias e ambas em muitas vezes parece um extensão do seu gabinete. O petista Carlos Augustin, o Teti é outro adepto das reuniões.

Os pré-candidatos Aylon Arruda, Cláudio Ferreira, o Paisagista e Thiago Silva também foram vistos nos últimos dias nas padarias, conversando e discutindo com lideranças.

DO CONTRA- Por outro lado, o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio, tem evitado esses encontras. Ele faz questão de não ir. “Já fui convidado algumas vezes para essas reuniões em padarias, mas eu não vou”, disse ao Primeira Hora. Pátio tem como pré-candidato o diretor presidente do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), Paulo José Corrêa.

+ Acessados

Veja Também