Número de vereadores ausentes provocou veto à título para prefeito de Colatina

vereadores cobram solução para o pátio rondon

A polêmica rejeição da entrega de título de cidadão para o prefeito de Colatina, Sergio Meneguelli, pela Câmara de Vereadores, não teve votos contrários. O que ocorreu foi que houve um número baixo de vereadores presentes na sessão da última quarta-feira (4), que não gerou a quantidade mínima de votos para aprovar o título.

A reportagem do Primeira Hora teve acesso ao relatório de votação daquela sessão e mostra que no momento da votação apenas 10 dos 21 vereadores estavam presentes dentro do plenário no momento em que a votação foi convocada.

Naquele momento votaram a favor do título, os vereadores Juary Miranda de Moraes (SD), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Subtenente Guinancio (PSDB), Jailton do Pesque Pague (PSDB), Professor Sidinei (PDT), Mazett (PSC) e Adonias Fernandes (MDB). Os vereadores João Mototaxi (PSL) e Batista da Coder (SD) se abstiveram de votar. O vereador Cláudio da Farmácia estava presente, mas pelo fato de ser presidente do Legislativo somente vota em caso de empate, o que não houve naquele momento.



Estavam ausentes, os vereadores Beto do Amendoim (PSL), Fábio Cardozo (PDT), Thiago Muniz (PDT), Vilmar Pimentel (SD), Roni Cardoso (PRTB), Bilu do Depósito de Areia (PRTB),  Orestes Miraglia (SD), Reginaldo Santas (Cidadania), Roni Magnani (PP), Silvio Negri (PC do B) e Dr Hélio Pichioni (PSD).