Mulher escapa ilesa após carro ser atingido por 7 balas em tiroteio

temer concede reajuste de 12,5% no bolsa família



Uma moradora de Santos, no litoral de São Paulo, sobreviveu após ter o carro atingido por sete tiros durante o assalto a uma empresa de transporte de valores, na madrugada desta segunda-feira (4), no bairro Macuco. Regina Célia Martins Fortuna Augusto estava voltando para casa quando ficou no meio do tiroteio entre policiais e criminosos.

O crime ocorreu por volta das 4h, quando suspeitos armados invadiram a empresa. A Polícia Militar foi acionada e, em poucos minutos, chegou ao local. Policiais e criminosos trocaram tiros e uma perseguição foi iniciada. Segundo a polícia, três pessoas morreram e pelo menos outras duas ficaram feridas. Entre os mortos estão dois policiais militares e um morador de rua.

Regina havia deixado o marido em um ponto de ônibus fretado e voltava para casa no momento do incidente. "Já havia ouvido alguns tiros, mas pensei que tinha acabado. Dei uma paradinha no semáforo e, então, o meu carro foi atingido pelas balas", disse.

Segundo a técnica em segurança no trabalho, os tiros entraram pelo lado do passageiro e, por isso, ela não foi atingida. "As balas entraram pelo vidro parabrisa e passaram para o outro lado. No momento do nervosismo, só pensei em proteger o meu cachorrinho, que estava comigo. Foi muita sorte não ter me atingido. Foi um milagre", completou.

Vídeos

Moradores de três bairros de Santos registraram imagens do tiroteio. No vídeo, é possível ver criminosos e policiais em confronto durante a madrugada desta segunda-feira (4). De acordo com a polícia, os suspeitos utilizavam metralhadoras e fuzis durante o assalto.

Perseguição

O grupo de criminosos foi perseguido. Os policiais realizaram um cerco na Praça dos Andradas, em Santos, na Vila dos Pescadores e em um viaduto na via Anchieta, em Cubatão. Os suspeitos estavam em quatro veículos e passaram pelos bloqueios feitos pela Polícia Militar.

Os suspeitos utilizaram, como rota de fuga a via Anchieta. A Polícia Militar Rodoviária realizou um bloqueio e mais dois policiais foram feridos. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos fugiram em direção a São Bernardo do Campo.

Por conta da fuga dos criminosos, a pista de subida da via Anchieta precisou ser bloqueada durante duas horas para a retirada de veículos abandonados pelos suspeitos. A Ecovias informou que a pista foi liberada por volta das 8h.

Empresa

A Prosegur confirmou um assalto ocorrido na madrugada de hoje a sua base em Santos. A companhia informa que nenhum de seus funcionários foi ferido e que está à disposição das autoridades e colaborando para o andamento das investigações. A empresa afirma que grande parte do dinheiro foi recuperado.