Meta do Proerd é formar 10 mil alunos já no primeiros meses do ano em MT

Meta do Proerd é formar 10 mil alunos já no primeiros meses do ano
Enfoque dos primeiros três meses são alunos do 3º ano do ensino fundamental - Foto por: PMMT

Dez mil alunos formados nos três primeiros meses do ano. Esta é a meta do Programa Educacional de Enfretamento e Repressão às Drogas e Violência (Proerd), coordenado pela Polícia Militar que possui como público-alvo crianças cursando o 3º ano do ensino fundamental na rede de ensino público e privada, em 39 municípios do Estado.

O desafio continua nos meses seguintes com o trabalho continuado junto aos alunos do 5º e 7º ano do ensino fundamental. A estratégia é chegar até o final do ano com 30 mil alunos formados e realizar a formatura na Arena Pantanal, com a participação dos pais e responsáveis. A expectativa é reunir no espaço cerca de 35 mil pessoas.

O coordenador Estadual do Proerd, tenente-coronel Darwin Salgado Germano, explica que o diferencial de 2019 é a adesão das escolas da rede privada, a exemplo do Salesiano São Gonçalo, Plural, Isaac Newton e Master, além de escolas da rede pública.

“Estamos realizando panfletagens em locais públicos com informações do programa e divulgação por meio de busdoor em alguns ônibus de Cuiabá”.

Darwin destaca que o programa irá completar 19 anos e a meta é desenvolver um trabalho continuado. Os três primeiros meses com as crianças do 3º ano. Logo em seguida, o quinto e sétimo ano, fechando um ciclo de conhecimento por faixa etária.

“Nosso objetivo é massificar o programa na rede de ensino e trazer a comunidade como parceiro. Por isso, a estratégia de tornar público pra que cada cidadão seja um multiplicador”.

Referente aos instrutores, o coordenador salienta que são profissionais capacitados com curso de formação de instrutor, preparados para trabalhar com crianças da pré-escola e anos iniciais (do 1º ao 4º ano); crianças do 5º ano do ensino fundamental, 7º ano, além do Proerd para os pais e ou responsáveis.

“O programa foi abraçado pela Polícia Militar e visa, além da prevenção ao crime, reconstruir valores éticos e familiares que vem se deteriorando ao longo dos anos”, salientou Darwin.

Balanço 2018

O Proerd atendeu 21.026 crianças, em 39 municípios participantes, com a atuação de 60 instrutores em escolas públicas e particulares.

Os alunos que passaram pelo programa aprenderam como dizer não à oferta de droga, além de elevar a autoestima, ele apresenta estilos de respostas para vários tipos de abordagens – oferta de drogas por amigos e desconhecidos e de ingresso no tráfico. Também aprenderam questões como bullying, violência física, direitos e deveres, entre outros.

O programa recebe apoio por meio de emendas parlamentares e cooperação técnica, a exemplo do Tribunal Regional do Trabalho (TRT 23ª Região) e prefeituras.