Mato Grosso pagou R$ 68,4 mil por respiradores para UTIs

Os equipamentos serão utilizados no combate à pandemia do coronavírus - Foto por: Christiano Antonucci/Secom-MT

O Governo do Estado adquiriu 120 ventiladores mecânicos diretamente da China e que chegam em Mato Grosso, nesta terça-feira (26.05). Os equipamentos serão utilizados no combate à pandemia do coronavírus e custaram o montante de R$ 7,3 milhões.

Do total de respiradores, 100 são para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no valor de US$ 13,4 mil, cada um, que corresponde a R$ 68,4 mil, da época da compra. O valor total pago pelos aparelhos foi de R$ 6,8 milhões (US$ 1,3 milhão).

O preço que Mato Grosso comprou chegou a ser três vezes menor do que outros Estados gastaram para adquirir equipamentos similares, conforme auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT).

Em uma das aquisições, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro chegou a pagar R$ 198 mil por cada respirador, o que totalizou uma compra de R$ 59,4 milhões por 300 aparelhos.

O Estado também comprou 20 ventiladores para transporte de emergência, ao custo unitário de R$ R$ 25,5 mil, o que totalizou uma compra de R$ 510,6 mil. Neste caso, a diferença chega a ser 11,1% menor, em relação a outros Estados.

Além dos 120 respiradores, chegaram em Mato Grosso nesta terça-feira, 215 monitores, 40 mil macacões de proteção, 5 mil protetores faciais, 500 mil máscaras cirúrgicas, e 50 mil do tipo KN95, que serão destinados às unidades hospitalares estaduais.