Mário Meira e Maralice Lopes vencem no Circuito de Tênis




O japonês Hisao Mitani ficou conhecido por passear com a sua tartaruga gigante pelas ruas de Tóquio. O animal, que possui 70 quilos, sempre chama atenção e causa curiosidade nos moradores.

O réptil, porém, não causa tanto medo quanto uma cobra Piton. Já imaginou cruzar com esse animal pelas ruas da sua cidade? É exatamente isso que um palestino faz em uma região da CisjordâniaMário Meira consagrou-se campeão na 1ª Classe da 4ª etapa do Circuito Mato-grossense de Tênis com placar de 6/2 e 6/4 contra André Moraes. E Maralice Lopes venceu na Classe A feminina por 6/3 e 6/2 contra Maria do Carmo Salles. A competição oficial, organizada pela Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), foi realizada de 27 a 30 de agosto, no Círculo Militar de Cuiabá. A próxima fase da quarta etapa será de 04 a 07.09 no Sinop Tênis Clube.

A final masculina foi uma repetição da 2ª etapa do circuito, quando Mário Meira enfrentou e venceu André Moraes também por dois sets a zero, mas daquela vez com mais vantagem nas parciais 6/1 e 6/2. Segundo o empresário dos transportes, Mário Meira, 36 anos, o oponente teve mérito por aprimorar o próprio jogo, o que fez diminuir a diferença entre placares. Mas promete tornar o próximo desafio mais difícil, já está correndo 21km três vezes por semana.

“O primeiro saque dele era muito difícil. Ele errava demais, mas quando acertava era difícil de devolver. O meu não é tão forte, mas é colocado e têm constância de acertos. E têm efeito spim, quando quica a bola sobe. E explorei meu ponto forte, que são as bolas cruzadas. Agora, além dos treinos de tênis, tenho participado de maratonas. Corro três vezes por semana para ganhar preparo físico. Isso vai permitir ter fôlego para correr mais em quadra”, diz Mário.

Para a campeã feminina, Maralice Lopes, de 36 anos, mamãe de um casal de adolescentes e estudante de direito, a prática do tênis começou cerca de 10 anos atrás, com idas e vindas por conta do casamento e dos filhos, como forma de promover a saúde. Paulista, mora há pouco mais de um ano em solo cuiabano. Segundo ela, treina toda semana e aos fins de semana faz partidas amistosas com os amigos. E quando está de férias ainda intensifica os treinos.

“A minha direita está boa. Com ela insisti muito nas bolas de fundo e na esquerda da minha adversária. Pois acredito que esse era o ponto fraco dela. Nós já nos conhecíamos. Na segunda etapa do circuito nós jogamos juntas e vencemos as disputas de duplas. E, apesar da amizade, na hora do jogo ela não interfere. O objetivo é ter foco, sempre melhorar a técnica e se aprimorar dentro de quadra”, avalia Maralice.

De acordo com o vice-presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Wallace Romio, a 4ª etapa do Circuito MT de Tênis ainda terá uma última fase na academia Sinop Tênis Clube, no município de Sinop, e depois haverá a 5ª etapa de 15 a 19 de setembro. Essa será realizada no Clube Tennis Company, que fica na Rua Rui Barbosa, nº 515, no Goiabeiras, em Cuiabá. Segundo Romio, as inscrições estão abertas e o evento terá degustação de sorvetes.

.