Jô se manifesta após ser preso por não pagar pensão alimentícia

Picture of Quem Online

Quem Online

Divulgação/Amazonas FC

Jô se manifesta após ser preso por não pagar pensão alimentícia

Atacante, de 37 anos, estava escalado pelo Amazonas para enfrentar a Ponte Preta, na noite de segunda-feira (6), em Campinas (SP), mas foi encaminhado à cadeia, onde passou a noite

Compartilhe:

O atacante , de 37 anos, voltou para Manaus nessa terça-feira (7), após deixar a cadeia por quitar a dívida referente à pensão alimentícia e, nessa quarta (8), já reintegrado ao elenco do Amazonas, concedeu uma coletiva de imprensa e negou qualquer dívida por pensão alimentícia. Procurado por Quem nesta sexta-feira (10), o jogador disse que não vai mais falar sobre o assunto.

“Deixar claro aqui que o problema que aconteceu não foi falta de pagamento de pensão mensal. E sim foi uma correção de um ajuste de pensão. Então, a pensão é paga todo mês corretamente, mas houve um ajuste, uma correção na qual isso aí também a gente já acabou quitando. Não foi a falta de pagamento que causou tudo aquilo, foi uma correção de ajuste da pensão”, alegou o atleta.

Pai de 8 filhos, sendo 6 deles fora do casamento com a esposa, Claudia Silva, Jô ressaltou que tem pagado todo mês a pensão e é um homem correto. “Quem me conhece sabe o quanto sou transparente, o quanto procuro ser uma pessoa correta, ainda mais sabendo da dimensão que é essa situação. Eu não poderia deixar falhar isso. Há pessoas que devo todo o respeito e carinho, que são a minha esposa e meus filhos que me apoiaram. Ficaram chateados com a situação, é claro, então eu tenho um amor e um carinho por eles muito grande”, afirmou ele na coletiva.

O atacante ainda agradeceu pelo esforço da diretoria do Amazonas e destacou que a torcida pode esperar um jogador muito mais aplicado dentro de campo. “Agora o foco total é no Amazonas, é o meu profissionalismo que eu sempre tenho tido todos os dias aqui, mais ainda agora, por tudo que aconteceu, e você vê que tem pessoas humanas que podem nos ajudar”, concluiu.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp