Jajah Neves quer implantar Programa Social de Literatura

taques cancela agenda em rondonópolis

O deputado Jajah Neves (PDT) apresentou Projeto de Lei nº 64/2016 que cria o Programa Social de Literatura "Poesia na Escola" a ser implantado em todas as escolas públicas de Mato Grosso.

O programa tem como objetivo o incentivo à leitura e a produção de textos, bem como a participação da criança nas atividades escolares de forma prazerosa e eficaz.

Conforme a propositura, "Poesia na Escola" deverá ser realizado através de concurso de poesias e produção de textos em todas as escolas da rede estadual de ensino.

A realização dos concursos de poesias e produção de textos deverão ocorrer sempre no mês de maio de cada ano e todas as poesias e textos selecionados em cada escola deverão ser remetidas às secretarias de Estado de Educação e de Cultura.

"Queremos com esse projeto a valorização e o fomento à convivência das nossas crianças com a produção literária, por intermédio da inserção de um programa social de literatura com concurso de poesia na escola e produção de textos. A escolha do mês destinado para realização do referido concurso de literatura está condicionada à intenção de consagrar o mês em que comemoramos o aniversário de Mato Grosso, devendo os temas deverão ser voltados a literatura e cultura de nosso estado", declarou o parlamentar.

Após a conclusão da seleção das poesias e textos, estes deverão ser publicados em forma de livro que serão posteriormente distribuídos em todas as escolas estaduais.

Os alunos que tiverem suas poesias e ou textos selecionados no concurso poderão ser inscritos na Academia Mato-grossense de Letras, na condição de escritor mirim.

Estão aptos a participarem alunos que estejam devidamente matriculados do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio nas escolas estaduais.

"Preparar o aluno para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho, fomentando e ampliando a convivência das crianças e adolescentes com a edição dos livros, com as poesias e textos selecionados no referido concurso, além de despertar a população para o seu direito de acesso à educação e à cultura, esse é nosso objetivo", disse Jajah.