IFMT e Projeto Ciranda se unem para formar novos músicos em Rondonópolis

ifmt e projeto ciranda se unem para formar novos músicos em rondonópolis

O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Rondonópolis realizou neste mês uma parceria com o Instituto Ciranda Música e Cidadania, e promete render bons frutos musicais no município. O projeto que já iniciou suas aulas tem no seu principal pilar a troca de conhecimento entre as instituições, onde os beneficiados são os alunos atendidos.
A ideia da união dos institutos foi no inicio do ano, no qual, 30 alunos do IFMT foram adotados pelo Instituto Ciranda para ter aula de Contrabaixo, Viola, Violoncelo e Violino. Enquanto o professor e músico do IFMT, Gil Mendes, foi convidado a ser um dos colaboradores nas aulas de teoria musical no Projeto Ciranda.
As aulas estão acontecendo todas as terças-feiras com a parte teórica no IFMT e nas quintas-feiras as aulas práticas são realizadas no Espaço Cultural José Sobrinho, com professores vindos de Cuiabá, que são alunos em níveis mais avançados do Projeto Ciranda.
Para o professor Gil, a música, além de uma forma de entretenimento e lazer, quando vista com outros olhos, pode se tornar em um instrumento motivador e educacional. E essa ‘magia’ já vem acontecendo no IFMT há dois anos, onde os alunos são motivados a desenvolverem dons musicais tanto na parte de instrumentos, como o vocal. “O estimulo no âmbito educacional é comprovado cientificamente e aqui no campus já tivemos casos de melhorias após participação de ações promotoras de aprendizado musical”, disse.
Além de ensinar em sala de aula a parte teórica e técnica dos instrumentos de corda, o Projeto Ciranda também irá ceder os instrumentos para os alunos, que não tem condições financeiras, poderem praticar em casa e assim se desenvolverem mais rápido. A expectativa com isso, é que até dezembro, Rondonópolis possa contar com músicos que tenham condições de realizar um concerto com obras clássicas.