Grávida é agredida pelo marido, reage e o esfaqueia 3 vezes em MT

Mulher foi encontrada sentada ensanguentada na calçada e afirmou que esfaqueou o marido para se defender das agressões. Marido está em observação na UPA.

Grávida é agredida pelo marido, reage e o esfaqueia 3 vezes em MT
Grávida esfaqueou o marido e disse à polícia que se defendeu ao ser agredida por ele em Tangará da Serra — Foto: Polícia Militar de Tangará da Serra/Divulgação

Uma mulher foi detida na noite dessa quarta-feira (1º) depois de esfaquear o marido dela em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, a suspeita, Cirlene Pereira do Nascimento, de 26 anos, está grávida de 3 meses e alegou que esfaqueou o marido ao se defender de agressões.

O marido foi identificado como Israel Henrique Candida, de 29 anos. Ele está em observação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tangará da Serra.

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, o episódio ocorreu na noite de quarta-feira em uma casa no Bairro San Diego.

Faca usada pela mulher foi apreendida pela polícia — Foto: Polícia Militar de Tangará da Serra/DivulgaçãoFaca usada pela mulher foi apreendida pela polícia — Foto: Polícia Militar de Tangará da Serra/Divulgação

Faca usada pela mulher foi apreendida pela polícia — Foto: Polícia Militar de Tangará da Serra/Divulgação

Cirlene foi encontrada sentada na calçada em frente a casa dela. Ensanguentada, ela comentou com os policiais que foi agredida pelo marido.

Ela tinha ferimentos no rosto, na nuca e um corte no punho.

A mulher contou que o marido a agrediu e, para se livrar das agressões, ela se armou com uma faca e o golpeou três vezes.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada e socorreu o casal até a UPA. Cirlene recebeu atendimento e foi levada à Polícia Civil.

Já Israel sofreu três facadas na cabela e no peito e não conseguiu ser ouvido pelos policiais. Ele ficou em observação na UPA.