Governo de MT rompe contratos de R$ 46 mi para programa de estradas

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

O Governo de Mato Grosso rompeu cinco contratos com uma empresa, no valor de R$ 46 milhões, e que foi licitada para realizar a recuperação de mais de 600 km de rodovias no interior do estado. De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), a empresa teria sido notificada por diversas vezes para que as obras prosseguissem, mas os serviços não foram executados.

Os contratos faziam parte do programa recém-lançado pelo governo denominado Pró-Estradas, para a pavimentação, recuperação e manutenção das rodovias mato-grossenses. Segundo a Sinfra, a empresa detinha contratos de reconstrução de rodovias pavimentadas que visavam melhorar o tráfego de veículos, em trechos que não vinham recebendo reparos nos anos anteriores.

A rescisão contratual teria sido realizada de comum acordo entre as partes, conforme o órgão. Os extratos dos termos de rescisões consensuais foram publicados no Diário Oficial do Estado, que circulou nesta sexta-feira (31). Diante do fato, a secretaria deverá convocar as empresas que ficaram em segundo lugar nas licitações realizadas.

Os contratos prevêem obras nas rodovias: MT-010, na região de São José do Rio Claro; MT-170, de Novo Mundo a Brasnorte; MT-170, em Juína e Castanheira; MT-249, na cidade de Nova Mutum; e na MT-235, de Campo Novo do Parecis a Sapezal.