Por unanimidade, o plenário da Assembleia Legislativa aprovou indicação do deputado estadual Gilmar Fabris (PSD) que recomenda à Secretaria de Estado de Infraestrutura e às prefeituras dos municípios de Rondonópolis e de São José do Povo para conclusão da pavimentação da MT-459, conhecida como “Rodovia do Leite”, no trecho que liga São José do Povo a Nova Catanduva.

“A pavimentação desse trecho é uma cobrança antiga de sitiantes, moradores e motoristas. Acredito que o governador Pedro Taques poderá atender essa demanda diante dos programas de infraestrutura vigentes em Mato Grosso”, declarou o parlamentar.

Em sua totalidade, a Rodovia do Leite liga São José do Povo, Nova Catanduva, Nova Galiléia e Pedra Preta, somando cerca de 42 quilômetros divididos em dois lotes. A região a ser favorecida com as obras é basicamente composta por famílias que trabalham na produção de leite. Por conta da precariedade das vias, muitos pecuaristas que dependem da estrada para escoamento acumulam prejuízos financeiros.

A maioria dos afetados são pequenos produtores dedicados a agricultura familiar e as crianças que dependem do transporte escolar.