“Fatores externos influenciam na sensação térmica”, declara Guinness ao recusar recorde de playmate brasileira

Modelo tentará novo recorde fotografando para Playboy da Espanha

“Fatores externos influenciam na sensação térmica”, declara Guinness ao recusar recorde de playmate brasileira
Divulgação/CO Assessoria
“Cada inscrição que nós recebemos é diferente e tem ocorrido como um resultado de várias circunstâncias, no entanto cada recorde que nós verificamos deve ser padronizável e nós não sentimos que isso seria possível neste caso, devido ao fato de que outros fatores externos influenciam na sensação térmica e, por isso, não seria possível criar condições iguais para todos os inscritos declara o Guinness”, declara organização da publicação, após receber o pedido de Poliana Paula.
Inspirada em Paula Burlamaqui, Poliana fez um ensaio na neve, em uma estação de esqui, na Áustria, em um frio de 15 graus negativos, usando apenas uma lingerie e maiô vazado. O ensaio chocou o mundo, ao saber que a modelo esteve seminua em temperaturas negativas.
Apesar da resposta negativa, a modelo, que já posou para Playboy Itália e Portugal planeja recorde de vendas em seu próximo lançamento da Playboy Espanha, que ocorrerá ainda em 2019.
Veja fotos da brasileira que posou na Áustria, em um frio de quinze graus negativos para tentar o recorde no Guinness Book.