Famílias que trabalham no Aterro Sanitário recebem cobertores

Famílias que trabalham no Aterro Sanitário recebem cobertores

Em razão da queda de temperatura, as ações de entrega de cobertores serão intensificadas

Aliviar o impacto causado pela baixa temperatura e, ao mesmo tempo, levar um pouco de calor humano às famílias que vivem em condições vulneráveis. Com esse propósito, a equipe da Secretaria de Assistência Social de Várzea Grande realizou nesta manhã (28), a entrega de cobertores às famílias que trabalham no Aterro Sanitário do município.

“Na ocasião, foram entregues 70 cobertores, mas esse total será ainda maior, uma vez que as equipes vão retornar no período da tarde para entregar outros lotes para as demais famílias que trabalham e residem na proximidade do aterro sanitário”, explicou o coordenador do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), Fábio Reveles.

Como explica a secretária de Assistência Social, Eliamara Araújo, essas ações fazem parte da política pública de ação social adotada pelo município, ofertando à essas famílias amparo, não somente neste período de baixa temperatura, mas também em outras ocasiões, uma vez que eles fazem parte de programas de amparo e benefícios que são desenvolvidos pelo poder público à população em situação de risco.

“A entrega de cobertores pode até parecer uma ação simples, porém tem uma grande importância para quem não tem  condições de adquirir um cobertor”, pontuou ela.

E em função das previsões climáticas para os próximos dias, a Secretaria de Assistência Social elaborou um plano de ação no sentido de estender também a entrega dos cobertores aos moradores que vivem em situação de rua. A meta é realizar a entrega de 100 cobertores.

Noticias Relacionadas