Enfermagem elege mais de 30 vereadores e dois prefeitos em MT

Coren-MT parabenizou a categoria

Fernando Frazão/Agência Brasil/ilustrativa

Dois prefeitos e 33 vereadores eleitos no pleito do último domingo (15) são profissionais da enfermagem. Entre os vereadores, 29 são enfermeiros e seis são técnicos. Entre eles, 17 são mulheres, destacando-se o município de Cotriguaçu, onde duas enfermeiras ocuparão o legislativo.

Foram eleitos os enfermeiros Emerson (Várzea Grande), Giovanna (Primavera do Leste), Nayara (Colniza), Carlos (Colíder), Joilson (Sapezal), Anilton (Nova Xavantina), Kinho (Chapada dos Guimarães), Adriane e Fabi (Cotriguaçu), Sandra (São José dos 4 Marcos), Raquel (Campinápolis), Eder (Juruena), “Casinha” (Nova Canaã do Norte), Carol (Apiacás), Alex (Nova Lacerda), Israel (Lambari D’Oeste), Christiano (Santo Antônio do Leste), Geslaine (Nova Nazaré),Poliany (Torixoréu), Talita (União do Sul), “Parada” (Vale do São Domingos), Daiane (Glória d´Oeste), Núbia (Novo Santo Antônio), Geisiany (Jangada), Michele (Diamantino), Conceição (Planalto da Serra), Paulo (Comodoro) e os técnicos de enfermagem Elton (Confresa), Léo (Água Boa), Paulinho (Canarana), Selma Santos (Nova Brasilândia), Marta Pit (Nova Guarita ) e Gizelda (Luciara).

A categoria também conquistou postos no executivo. O enfermeiro Héctor foi eleito prefeito em Mirassol do Oeste e o enfermeiro Luís Fernando, em Santo Afonso.




O Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso parabenizou os profissionais pela conquista. O presidente, Enfermeiro Antônio César Ribeiro, enfatizou que o legislativo é um grande aliado para que a autarquia alcance seus objetivos.

“Nós temos a fiscalização que pode resultar em notificações e/ou ações civis públicas, onde acionamos o poder público contra o executivo ou contra a administração privada para garantir, minimamente, o cumprimento de nossas normas legais. A presença da enfermagem no legislativo e no executivo certamente nos ajudará a conduzir este processo de maneira mais qualificada”, disse ele.