Deputados homenageiam Força Tática de Várzea Grande

ambulâncias compradas com recursos da al serão distribuídas a todos os municípios de mt

Em sessão solene realizada na noite de segunda-feira (9), no Plenário das Deliberações Renê Barbour, os deputados Wilson Santos (PSDB), líder do governo, e Pery Taborelli (PSC), homenagearam policiais que fizeram ou fazem parte da Força Tática na Cidade Industrial.

Na abertura da solenidade, Wilson Santos destacou a importância das ações desenvolvidas pelo grupamento, que tem contribuído sobremaneira para o combate à violência e a criminalidade. Pontou ainda os esforços da Casa de Leis para colaborar em avanços do setor, por meio de inovações nas políticas públicas.

Lembrou ainda que os integrantes da Força Tática do 2 Comando Regional, com sede em Várzea Grande, atendem ainda os municípios de Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Jangada, Rosário Oeste e Nobres.

“São policiais que recebem tratamento com doutrinas aplicadas. É uma equipe de patrulhamento tático para intensificar o policiamento e atender ocorrências de maior complexidade, dando suporte aos demais policiais do policiamento ostensivo”.

O deputado Pery Taborelli destacou o empenho do Legislativo, no que se refere ao apoio para a classe. Reconheceu ainda os esforços do líder do governo para a liberação de emendas parlamentares que deverão compor planos de melhorias para a área. “Agradeço a cada homem e mulher que estiveram comigo defendendo a sociedade mato-grossense”, disseTaborelli.

Já o deputado Wilson Santos evidenciou a luta da categoria para construção de uma unidade exclusiva da Força Tática. “Estamos fazendo um trabalho em Várzea Grande, e uma das possibilidades é o futuro Parque Berneck”, observou. Anunciou ainda ações no Poder Legislativo para ampliar o leque de emendas. “Vamos fazer uma ação de coleta de emendas junto aos deputados e junto ao governo Pedro Taques”.

Representantes do Comando Geral da PM/MT retribuíram as homenagens aos parlamentares autores do requerimento da sessão, através da entrega da honraria “Brasão da Força Tática”.

“É um compromisso que assumo, ao receber essa belíssima homenagem. Estamos trabalhando para liberar um imóvel em Barra do Garças, pertencente ao Indea, para instalar a Força Tática, isso por meio de um contrato em regime de comodato”, acentuou Wilson Santos.

PeryTaborelli pontuou que a Academia Costa Verde precisa de apoio em infraestrutura. “Estamos em busca dos R$ 3,5 milhões previstos para a obra. Estou correndo livro de ouro para que os deputados direcionem R$ 100 mil de suas emendas”. Informou ainda que já teria colhido assinaturas no Poder Legislativo para obtenção de R$ 1 milhão relativo às emendas, com expectativa de ultrapassar em breve, a cifra de R$ 2 milhões. O parlamentar considerou a possibilidade de o Governo do Estado completar o restante dos recursos necessários para reforma da unidade.

Comandante-geral da Polícia Militar, coronel Gley Alves de Almeida Castro, disse que a missão é diferenciada, em menção ao gerenciamento de ocorrências como furtos, em que é empregada a Força Tática.

“Agradeço por esse reconhecimento merecedor. Pode não aparecer em nível de estatística, porque envolve outros fatores, e vivenciamos uma crise política e econômica. Uma crise moral que acaba por acontecer essa crise política. Muitas vezes não depende de nós essa redução da criminalidade. Os policiais tem feito muito. Temos número de apreensão de armas muito maior do que outros anos. Me permitam sonhar, quero ter uma polícia militar de porcelanato”.

Foram agraciados o comandante-geral da PM, coronel Gley Alves; comandante-geral adjunto da PM, Cleucimar Santos Rabelo; comandante do 2 Comando Regional da PM/MT, Alessandro Ferreira da Silva; subchefe do Estado maior da PM/MT, JadirMetelo da Costa; e o comandante adjunto do 2 Comando Regional/Várzea Grande, Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, além de integrantes da Companhia Força Tática de Várzea Grande; sargentos da PM/MT, cabos e soldados da PM/MT.

Força Tática – Em 2015, os policiais da Força Tática fizeram a apreensão de 98 armas de fogo, 697 papelotes de entorpecentes e mais de nove mil quilos de drogas, além de 1.286 munições intactas durante abordagens realizadas diariamente. Também foi possível, em 2015, prender 48 pessoas que estavam com mandado de prisão não cumprido.

A Força Tática do 2º Comando Regional conta com um efetivo de 64 homens e mulheres. Funciona em um quiosque na Praça Aquidaban, centro de Várzea Grande. A expectativa da Força Tática é ampliar o efetivo em mais 30 a 40 integrantes, ainda este ano. Daí, conforme o deputado Wilson Santos, a necessidade de apoio da Assembleia Legislativa para garantir melhores condições de trabalho aos policiais da Força Tática.