Deputado quer presos trabalhando em reformas de escolas

Elizeu Nascimento defende a ideia de que os presos devam trabalhar, já que isso amplia a possibilidade da sociedade não se tornar vítima novamente do mesmo

Indicação propõe mutirão de cirurgias otorrinolaringológicas em 30 cidades
Ronaldo Mazza/ALMT

Visando melhorias nos ambientes escolares, o presidente da Comissão de Segurança Pública da ALMT, deputado Elizeu Nascimento (DC), apresentou na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, na última terça-feira (9), indicações propondo mutirões de limpeza e de reforma em escolas estaduais de quatro municípios de Mato Grosso, feitos por reeducandos.

As proposições estão direcionadas para os presos do regime fechado, encarcerados nas penitenciárias de Cuiabá, Rondonópolis, Água Boa e Sinop.

As indicações encaminhadas ao governador Mauro Mendes, com cópia à Secretaria de Estado de Segurança Pública e à Secretaria da Casa Civil, poderá beneficiar instituições escolares com serviços de pintura, cortes de grama, jardinagem, manutenção predial e outros, essenciais para garantir ao aluno uma boa estrutura que resultará, consequentemente, em melhor aprendizado para o estudante.

O parlamentar defende a ideia que os presos trabalhem já que isso amplia a possibilidade do mesmo não vir a cometer novos crimes, beneficiando assim a sociedade.”Não temos mais pena de morte e nem de prisão perpétua no Brasil. Isso significa que quem vai para a cadeia um dia voltará ao seio da sociedade e, não tendo sido ressocializada, a chance da pessoa praticar novos delitos é maior tornando, mais uma vez, a sociedade vítima do criminoso”, justificou Nascimento.

De acordo com a proposição de nº 2924/2019, que beneficia a cidade de Sinop, alguns dos requisitos para o detento ter direito a trabalhar são: ter bom comportamento, passar por avaliação de psicólogos, assistência social e ter cumprido, no mínimo, um sexto da pena. Os trabalhos realizados pelos reeducandos deverão ser efetuados aos sábados e domingos, para não interferir na rotina escolar.