Deputado defende que CPI da Previdência resguarde o direito dos servidores

Obras na Escola Sebastião Patrício começarão em 60 dias



O deputado Thiago Silva (MDB) defendeu que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência trabalhe focada em resguardar os direitos dos servidores públicos do Estado.

A CPI realizou nesta terça-feira (9) a primeira reunião ordinária, onde foi apresentado e aprovado o plano de trabalho e o regimento interno, além dos ofícios solicitando servidores para a montagem do corpo técnico.

Thiago destaca que a CPI deve ser propositiva e buscar soluções para a situação da previdência dos servidores do Estado. “Temos que analisar com cuidado a situação e buscar soluções para o desequilíbrio do déficit da previdência apresentada pelo Governo”, alertou o deputado.

O parlamentar também lembrou que a CPI deve buscar nas investigações para onde foram nos últimos anos os recursos da previdência do servidor. “Precisamos ter clareza no que aconteceu e o que está acontecendo com esses recursos, se houve ingerência ou até mesmo falta de planejamento, precisamos deixar isso claro para a sociedade e cobrar providências, o servidor é que não pode perder”, explicou Thiago.

A CPI tem como presidente o deputado João Batista (Pros), e vice o deputado Paulo Araújo (PP) e Thiago Silva o relator. Os demais membros são Ulysses Moraes (DC) e Valmir Moretto (PRB) e os suplentes são Lúdio Cabral (PT), Dr. João (MDB), Ondanir Bortolini- Nininho (PSD), Xuxu Dal Molin (PSC) e Dr. Eugênio (PSB).

Thiago , além de relator da desta Comissão e suplente na CPI da renúncia fiscal e preside também a Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Cultura e Desporto.