Campanha de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda em Rondonópolis

Ministério da Saúde prepara campanha de vacinação contra sarampo
Marcelo Camargo/Agência Brasil



A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo terá início em Rondonópolis na próxima segunda-feira (7), seguindo calendário do Ministério da Saúde. A primeira etapa, que segue até o dia 25 de outubro, compreende a vacinação de crianças de seis meses até quatro anos, 11 meses e 29 dias, que ainda não receberam as duas doses da vacina tríplice viral, que imuniza contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.

Os pais e responsáveis pelas crianças nesta faixa etária que ainda não foram vacinadas devem procurar uma das unidades básicas de saúde do município. Todas, inclusive as que não dispõem de salas de vacinas, terão a tríplice disponível para a imunização.

A orientação é a criança seja levada à unidade básica de saúde com a caderneta de vacinas, pois o Ministério da Saúde destaca que a vacina será aplicada em todos que não tiverem a comprovação da imunização com duas doses.

A tríplice precisa ser tomada em duas doses, sendo a segunda aplicada após 30 dias da primeira. Assim, tanto quem não tomou nenhuma dose e como quem não completou o ciclo e ainda precisa da segunda, deve procurar uma unidade de saúde.

Dia “D”

Para abranger um número maior de imunização contra a doença entre crianças de seis meses até quatro anos, 11 meses e 29 dias, a Saúde realiza no sábado (19 de outubro), o Dia “D” de vacinação contra o sarampo.

No Dia “D”, de mobilização nacional de vacinação, todas as unidades de saúde estarão preparadas para vacinar as crianças das 7h às 17h, sem interrupção para o almoço.

Segunda etapa

A partir do dia 18 de novembro terá início a segunda etapa de vacinação contra o sarampo, que segue até o dia 30 de novembro. Neste momento, os jovens de 20 a 29 anos que ainda não foram imunizados devem procurar as unidades de saúde do município para tomar as duas doses da vacina tríplice viral.

O Dia “D” da segunda etapa de vacinação acontece no sábado (30 de novembro), também em todas as unidades de saúde, das 7h às 17h.

Orientações

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica do Município, Cibelly Carvalho, destaca que apesar de o Ministério da Saúde estar priorizando as crianças (seis meses até quatro anos, 11 meses e 29 dias) e os jovens (20 a 29 anos), todas as pessoas que ainda não tomaram a vacina tríplice viral podem procurar uma unidade de saúde que serão imunizadas.

O Ministério da Saúde deve dar continuidade em novas etapas de vacinações por faixas etárias em 2020.

Casos

A ação do Ministério da Saúde visa vacinar 30 milhões de pessoas de seis meses a 49 anos que ainda não tomaram a vacina contra o sarampo. A medida busca conter o surto da doença registrado no país.

Conforme dados do Ministério da Saúde, o Brasil registrou mais de 3 mil casos de sarampo em 90 dias. São mais de 20 mil casos em investigação, sendo que a maior parte está concentrado em 153 municípios de São Paulo.

Em Rondonópolis não havia a confirmação de nenhum caso de sarampo até esta terça-feira (1º) de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica do Município.