Cadeirante se arrasta na rua para subir em ônibus em São Paulo: ‘Humilhação’

Denúncia foi feita pelo estudante Paulo Hilário, que enfrentou a situação após o elevador do veículo quebrar. “Foi uma situação humilhante e discriminatória. Primeiro por eu precisar me arrastar para subir, e mesmo uma semana depois, o motorista parar e me falar ‘não está funcionando, espera outro que esse aqui está quebrado'”, relata. (Informações do G1).