Caça aos criminosos | Governador de MT vai ao local de operação e agradece policiais: “Bandido não vai se criar aqui”

Secom-MT

Secom-MT

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Caça aos criminosos | Governador de MT vai ao local de operação e agradece policiais: “Bandido não vai se criar aqui”

O governador Mauro Mendes foi à cidade de Marianópolis (TO), nesta sexta-feira (28.04), onde está montada a operação para a captura dos criminosos que aterrorizaram a cidade de Confresa no início do mês.

Junto aos governadores Wanderlei Barbosa (TO) e Ronaldo Caiado (GO), Mauro Mendes agradeceu a todos os mais de 350 agentes de segurança que estão na captura do bando. 

Até o momento, oito criminosos morreram em confronto com as polícias e dois foram presos. Também foram apreendidas oito armas, dentre elas dois fuzis .50 e quatro AK-47, carregadores, milhares de munições, coletes balísticos, capacetes balísticos, materiais explosivos e detonadores, além de coturnos, luvas, joelheiras, cotoveleiras, balaclavas e mochilas.

“Nossas forças de Segurança estão unindo esforços com os agentes de Tocantins, Goiás, Pará e Minas Gerais. Eles estão em uma verdadeira caçada a esses criminosos que atacaram a cidade de Confresa. O que esses bandidos fizeram é um atentado contra a segurança pública e uma afronta ao cidadão”, afirmou.

Para Mauro Mendes, a integração das polícias dos cinco estados é uma prova de que “bandido nenhum vai se criar nessa região do país”.

“Vamos ficar aqui quantos dias forem necessários até capturarmos e prendermos todos os bandidos. E aqueles que ousarem enfrentar as forças de Segurança vão ter o mesmo destino que aqueles oito que já vieram a óbito. Parabenizo todos os policiais, em nome dos mato-grossenses, porque vocês estão mostrando que a Polícia vai proteger o cidadão”, completou.

Governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa destacou a integração entre as polícias e o apoio da população local nessa missão, que cedeu espaço para a instalação da sede policial.

“É uma força-tarefa que está fazendo uma forte ação e temos que estar unidos. A área aqui é alagada, de mata e os bandidos estão lá dentro. Queremos parabenizar o esforço das nossas polícias. As famílias aqui sofreram para dar a infraestrutura necessária para que possamos localizar esses marginais”, relatou.

O governador Ronaldo Caiado, de Goiás, classificou a união de esforços como um “evento emblemático”.

“É O início de uma grande ação para mostrar a todos os bandidos que os estados não vão se ajoelhar ao crime. Temos pessoas preparadas, batalhões especializados e vamos dar tranquilidade às pessoas que aqui vivem. Vamos ampliar cada vez mais esse braço. A lei e a ordem vão prevalecer. Aqui na nossa área bandido não cresce, ou muda de profissão ou muda de lugar”, finalizou.

+ Acessados

Veja Também