Brasil passa a integrar esquema de frutas e hortaliças da OCDE

brasil passa a integrar esquema de frutas e hortaliças da ocde

O Brasil foi aceito como país integrante do Esquema de Frutas e Hortaliças da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), entidade que promove ações de facilitação do comércio internacional para simplificação da inspeção, utilizando padrões internacionais de classificação e controle da qualidade. A OCDE decidiu pela aceitação na reunião plenária anual do Esquema em 7 de dezembro, em Paris, França. O Brasil é o primeiro país da América Latina.

Desde 2014, na condição de país observador, o Brasil participava do Esquema da OCDE para Frutas e Hortaliças. Em 2015 iniciou a mobilização para adesão e formalizou o pedido em março de 2017.

Em julho de 2017, o sistema de inspeção de frutas e hortaliças do Brasil foi auditado por técnicos da OCDE e do serviço oficial de inspeção da Alemanha. Em Pernambuco os especialistas visitaram o polo de fruticultura de Petrolina e o porto de Suape, além da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp).

A coordenadora Geral de Qualidade Vegetal do Mapa, Fátima Chieppe Parizzi, disse que “a adesão do Brasil ao Esquema da OCDE é um passo importante para o setor. Isto possibilitar a melhoria do sistema brasileiro de padronização e inspeção de frutas e hortaliças, destinadas ao mercado interno e à exportação, e a adoção de procedimentos alinhados aos praticados no mercado internacional, voltados à eficiência e a rapidez nos controles oficiais”.