Bélgica: em duas semanas, duas mortes de jogadores por mal súbito

Depois de 11 dias da morte de Gregory Mertens, outro jogador belga morreu nesta segunda-feira, novamente vítima de um ataque cardíaco sofrido em campo. Zagueiro do Beerschot-Wilrijk, time da quarta divisão, Tim Nicot, de 23 anos, estava internado em coma, e morreu pela manhã, segundo informou o clube. Nicot atuava em um amistoso no último sábado, na cidade de Hemiksem, quando sofreu um mal súbito e desmaiou em campo. O jogador foi atendido e os médicos tentaram reanimá-lo enquanto o conduziam até o hospital da Universidade da Antuérpia, onde foi colocado em coma induzido.

"O Beerschot-Wilrijk ainda tenta procurar as palavras certas para explicar nosso sentimento, nossa dor, porque descrença, desânimo, impotência e raiva… Elas todas lutam pelo lugar na primeira fileira da montanha-russa emocional que tem sido os últimos dias para o clube", escreveu o Beerschot-Wilrijk em seu site.

(Com Estadão Conteúdo)